A seleção nacional dos Consistentes Funds People


Embora seja um mercado pequeno, o mercado português de fundos mobiliários inclui produtos que se destacam pelos seus resultados mas, mais ainda, pela Consistência desses mesmos resultados. Prova disso é o facto de na lista de fundos Consistentes Funds People se conseguirem destacar 7 fundos nacionais de 5 casas distintas. Isto acontece, mesmo com as limitações na comparabilidade dos retornos dos produtos domiciliados em Portugal, até ao dia 1 de julho de 2015, data em que os rendimentos e mais-valias realizadas deixaram de ser tributados dentro do organismo de investimento.

Recordando que um fundo com o selo de Consistente Funds People é resultado de um filtro efectuado a partir de um modelo quantitativo, que considera dados de rentabilidade e volatilidade nos períodos de 1, 3 e 5 anos, hoje mostramos-lhe precisamente a performance dos fundos nacionais nesse mesmo espaço de tempo, considerando dados de final de dezembro de 2015 (Leia a metedologia completa dos fundos Consistentes Funds People).

Por ordem alfabética, destaque em primeiro lugar para o fundo BPI Portugal, gerido pela BPI Gestão de Activos, e a cargo de Catarina Quaresma Ferreira. Com mais de 20 anos de história, o fundo foi recentemente agraciado nos últimos prémios APFIPP e nos prazos de análise abaixo mencionados, apresenta-se com um retorno de 2,37% a 3 anos. De todos os fundos portugueses no universo de Consistentes Funds People, é o único que foca o seu investimento no mercado de ações nacional.

Já o Caixagest Infraestruturas, a cargo da Caixagest, consegue nos últimos três anos, alcançar um retorno anualizado de 11,25%. Tal como o próprio nome do produto indica, o fundo oferece aos seus participantes o acesso a uma carteira diversificada de ativos expostos ao sector de infraestruturas europeu e internacional. Numa entrevista à Funds People na revista número 7, da equipa da Caixagest lembravam que “elemento mais importante em todo o processo de investimento é o nível de conhecimento e a reputação dos gestores dos fundos em que investem”, já que este se trata de um fundo de fundos.

Espaço também para os fundos ‘puros’ de fixed income. O CA Rendimento, da CA Gest, é precisamente um dos fundos desta categoria que consegue arrecadar o selo Consistente Funds People. Atualmente gerido por José Valente, que no final do ano passado se incorporou na gestora,  o fundo conta com um tempo de vida muito semelhante ao produto da BPI Gestão de Activos, já que foi lançado no ano de 1994. 

O reinado da IMGA

A IM Gestão de Ativos é a gestora com maior representatividade dentro da lista de Consistentes nacionais. Prosseguimos na área de fixed income, pois o IMGA Extra Tesouraria III, a cargo de David Pinheiro, é um dos fundos consistentes da lista. Também na última entrega de prémios APFIPP o fundo saiu premiado na categoria de Melhor fundo Curto Prazo. Destaque para o seu retorno anualizado nos últimos cinco anos, que chega a 1,70%. Da mesma entidade, arrecadam ainda o título de Consistentes mais dois fundos que a Morningstar agrupa na sua categoria de Alocação, produtos igualmente a cargo de David Santos Pinheiro. Trata-se do IMGA Poupança PPR e do IMGA Prestige Conservador (leia mais sobre a categoria)

Por fim, destaque para o Santander AM que coloca na tabela mais um fundo Poupança Reforma: no caso o Santander Poupança Futura FPR, que com um bias conservador, satisfaz precisamente as necessidades de aplicação do capital numa ótica de poupança/reforma. Nesse sentido, o fundo aloca, segundo a Morningstar, mais de 80% da carteira a obrigações.

Fundos com o selo Consistente Funds People

Captura_de_ecra__2016-06-8__a_s_15

 

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido