Tags: Negócio |

KraneShares regista dois ETF em Portugal e forma parceria estratégica com a Silcarv


Mais concorrência na gestão passiva. A KraneShares, uma empresa gestora de ativos global conhecida pelos seus ETF focados em ativos chineses, anunciou o registo em Portugal e Espanha de duas inovadoras estratégias de investimento: o ETF  KraneShares CSI China Internet UCITS ETF e o KraneShares MSCI China A-Share UCITS ETF. Além disso, a KraneShares formou uma parceria estratégica com a Silcarv Consulting Limited de forma a prestar serviços de distribuição a clientes em Portugal e Espanha.

Ambos os ETF negoceiam na Bolsa de Londres. O KraneShares CSI China Internet UCITS replica o CSI Overseas China Internet Index, o mesmo índice que o fundo bandeira da KraneShares, um ETF cotado na Bolsa de Nova Iorque. Oferece uma exposição acionista aos sectores chineses relacionados com a internet. As principais participações incluem Alibaba, Tencent, Meituan Dianping, Baidu e JD.com.

O ETF KraneShares MSCI China A Share UCITS segue o MSCI China A, um índice de ações de grande e média capitalização que negoceia nas Bolsas de Shangai e Shenzhen (ações A). A KraneShares geriu a mesma estratégia através de um ETF negociado na Bolsa de Nova Iorque desde 2014.

"Investidores em Portugal e Espanha estão a descobrir a China como uma classe de ativos nos seus portefólios. Acreditamos que os ETF da KraneShares podem oferecer uma exposição diferenciada aos mercados de capitais da China", conta Jonathan Krane, CEO da KraneShares, num comunidado. "Com o registo dos ETFs KWEB e KBA UCITS nestes países, os investidores agora podem obter uma exposição abrangente à China com atendimento ao cliente localizado graças aos nossos parceiros da Silcarv".

"Nos últimos anos, vimos uma procura crescente de investidores de Portugal e Espanha que buscam investimento passivo estratégico na China. A KraneShares diferenciou-se através das suas estratégias inovadoras de investimento focadas na China. Pela nossa experiência, sabemos que estes serão bem recebidos pelos investidores em Portugal e em Espanha", disse José Carvalhinho, diretor e fundador da Silcarv Consulting, no mesmo documento.

Profissionais

Notícias relacionadas

O Mais Lido