Tags: Negócio |

A economia global está de facto a abrandar?


A aversão ao risco marca a actualidade dos mercados financeiros, com fortes descidas no mercado bolsista e corrida aos activos de menor risco como os Treasuries Americanos.

As Treasuries a 10 anos ontem tiveram um dia perfeitamente louco tendo descido até aos 1.86 e recuperado até aos 2.05, revelando extrema volatilidade num activo que regra geral é um indicador do ambiente económico global.

Com dúvidas um pouco por todo o mundo em relação ao estado da economia, os mais recentes dados americanos publicados levantam dúvidas sobre o ritmo da actividade económica. As vendas a retalho de setembro registaram uma descida de 0.3% face a agosto sendo a primeira vez desde janeiro que se regista uma queda. 

Os americanos estão neste momento menos endividados e com melhores perspectivas no mercado de trabalho, e a grande questão parece ser a de haver menor apetência para o consumo devido à cada vez maior incerteza que se abate sobre o futuro. 

Os fortes resultados apresentados pelas empresas americanas contrasta com o pessimismo que reina na Europa e que parece também ter chegado à Alemanha como comprova o indicador ZEW que entrou pela primeira vez desde novembro de 2012 em terreno negativo. Com o BCE empenhado em avançar com liquidez e medidas de estímulo, os governos de cada país continuam a apostar na austeridade e na carga fiscal, num jogo claramente ganho pela Alemanha e que poderá ter consequências para uma Europa cada vez mais estrangulada e sem margem de manobra. 

Também na China se registou uma descida da inflação para o nível mais baixo dos últimos tempos (1.6%) e cada vez mais longe da meta traçada pelo Banco da China (3.50%), confirmando que, apesar de uma série de medidas de estímulo a economia parece estar a ser contagiada pelo cenário global de deflação.

Em traços gerais, muitas dúvidas sobre os próximos tempos e sobre a recuperação económica da grande maioria dos países do mundo, com o mercado a procurar activos de refúgio e a fugir da renda variável.

(Imagem: joeri-c, Flickr, Creative Commons)