Tags: Negócio |

BMO Global AM fecha o seu negócio de ETF na Europa


A BMO Global Asset Management põe fim ao seu negócio de ETF na Europa após quatro anos. A gestora canadiana fechará a sua gama de 13 ETF UCITS no início do ano que vem. São principalmente fundos de obrigações e estratégias income e negociam na Euronext em Dublin e na bolsa de Londres. A decisão foi tomada com base em vários fatores, incluindo o atual nível de ativos sob gestão e o crescimento projetado no atual contexto de mercado.

Comunicaram ao regulador britânico que vão encerrar as suas atividades de gestão de ETF domiciliados na Europa. O encerramento terá efeito a partir de 21 de janeiro de 2020. Nessa data as participações nos sub-fundos da ICAV serão reembolsadas com base no NAV por ação. Até esse momento os sub-fundos estarão abertos para petidos de reembolsos.

Segundo o comunicado, se antes da data efetiva o NAV do sub-fundo baixar a níveis onde o gestor não o puder gerir de forma eficiente de acordo com o seu objetivo de investimento, poderão ser postas em prática as ações necessárias para atuar de acordo com os melhores interesses do participante. Isto inclui converter os ativos de um sub-fundo em liquidez.

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos