Tags: Obrigações | Ações |

Volatilidade estável nos últimos três meses


Os dados Morningstar, relativos ao mês de setembro, mostram que a volatilidade no mercado nacional tem estado estável nos últimos três meses, quando se analisam os dados médio do último ano ou dos últimos três anos.

O desvio-padrão, médio, do último ano, foi de 6,19% em julho, 6,09% em agosto e 6,08% em setembro. Já a três anos, os valores situam-se em 8,97% em julho, 8,90% em agosto e 8,89% em setembro.

Em ambos os prazos, a estabilidade tem sido clara, com poucas oscilações em termos médios.

Nada de anormal

Como é de esperar, são os fundos de ações os mais voláteis, apresentado em setembro, um desvio-padrão de 12,92% no último ano e 16,53% nos últimos três anos. Do lado oposto, aparecem os fundos do mercado monetário com um desvio-padrão abaixo de 0,5%, em ambos os prazos (0,19% a um ano e 0,38% a três anos).

As gestoras mais voláteis no último ano

Comparar a volatilidade entre gestoras, pode ser um processo complicado, sobretudo, devido ao número de fundos ou às categorias mais preferidas de cada uma. Ainda assim, e pegando nas gestoras com mais de 10 fundos de investimento sob gestão, verificamos que é o Montepio Geral Fundos que apresenta a maior volatilidade a um ano, com os seus 21 fundos em carteira, apresentando um valor de 7,67%. Muito perto, aparece o BPI Gestão de Ativos com uma volatilidade de 7,44% e com 26 fundos, segundo os dados da Morningstar. Não muito longe, vem o Banif Gestão de Activos com uma volatilidade média de 7,38% nos seus 10 fundos.

Do lado oposto, aparece o Santander Asset Management com 23 fundos e uma volatilidade média de 5,22% nos últimos doze meses.

Campeões a três anos

A três anos, a liderança dos mais volatéis vai para a CaixaGest com um desvio-padrão médio de 11,29%, nos seus 33 fundos analisados. Em segundo lugar aparece o Montepio Geral Fundos com 20,76% e 21 fundos sob gestão. Logo depois vem o Banif Gestão de Activos com um valor de 10,21% e com dez fundos em carteira.

Os fundos voláteis

Os dados de setembro mostram e confirmam: os fundos de ações são os mais voláteis. O fundo mais volátil a um ano, no mês de setembro pertence à Invest Gestão de Activos e é o fundo AR Médias Empresas Portugal que apresentou um desvio-padrão de 21,74%. Não muito longe vem o Santandar PPA com uma volatilidade de 21,58% e o Caixagest PPA com 20,34%.

Já a três anos, a Caixagest tem três dos quatro fundos mais voláteis, sendo que o líder é o Mix Emergentes com um desvio-padrão de 32,23%. Logo depois vem o Rendimento Oriente com 20,53%

 

NOTA: Os dados reportam à Morningstar a 30 de Setembro de 2013 e apenas mostram os dados disponíveis, sendo que nem todos os fundos apresentam os dados completos.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos