Volatilidade do PSI-20 desceu em fevereiro


Depois de um janeiro muito turbulento, esperava-se um fevereiro mais calmo para os investidores, nomeadamente os nacionais. De acordo com os dados publicados pela CMVM, o principal índice bolsista nacional – PSI-20 – teve uma quebra de 5,9%, tendo fechado o mês mais pequeno do ano nos 4.767,28 pontos. Em termos percentuais, teve uma descida maior do que a registada em janeiro, onde decaiu 4,7%. No que toca à volatilidade, esta situou-se nos 30,19%, abaixo dos 31,28% fixados em janeiro, mas acima dos 15,11% registados em igual período de 2015.

Relativamente às transações no mercado nacional a contado, estas registaram um total de 2.209 milhões de euros, menos 8,9% do valor registado em janeiro. Em comparação com o mês de fevereiro de 2015, o valor é mais baixo em 9,4%.

Menos fundos, menos Valor

Sobre o valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários e fundos de investimento alternativo, este sofreu um decréscimo de 2,6% em janeiro face a dezembro. Também no primeiro mês do ano houve uma redução do número de fundo, já que no final de janeiro existiam 189 produtos nacionais, menos dois do que no final de 2015. Relembre-se que os dados da CMVM nesta rubrica apresentam um desfasamento de um mês.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos