Valor sob gestão nos fundos imobiliários cresceu 2% em dezembro


A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) publicou o seu relatório mensal sobre os fundos de investimento imobiliário, onde se destaca o aumento do valor sob gestão em 2% em dezembro, face ao mês anterior, finalizando o ano com mais de 9,3 mil milhões de euros.

O motor para este aumento vem dos fundos imobiliários fechados que viram o seu valor sob gestão crescer em 4,6% para os 5,77 mil milhões de euros. Já os fundos abertos da mesma categoria caíram em 1,9% para os 3,54 mil milhões de euros.

Já nos Fundos Especiais de Investimento Imobiliário (FEII) o aumento foi de 0,2% para os 2,97 mil milhões de euros, com os fechados a crescerem 0,7% para 2,36 mil milhões e os abertos a caírem 1,4% para os 613 milhões de euros.

Em relação aos fundos de gestão de património imobiliários (FUNGEPI), o valor sob gestão cresceu 4,0% para 824,2 milhões de euros face ao mês anterior.

Menos um fundo

Já no que toca ao número de fundos, o mês de dezembro foi agitado com algumas mudanças. Apesar de no final do mês haver apenas menos um fundo no saldo total, as mudanças foram grandes.

Nos FII fechados houve a liquidação do Junqueira – FIIF, gerido pela Norfin. Já nos FEII o saldo foi nulo, com a criação de um fundo e a liquidação de outro. Foi constituído o fundo aberto “Carteira Imobiliária – FEII Aberto”, gerido pela Square Asset Management, resultante da cisão do fundo CA Imobiliário. A liquidação aconteceu  no fundo fechado Prime Properties – FEII, gerido pela Interfundos.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1 3
Anterior 1 3

O Mais Lido

Próximos eventos