Valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo continua a aumentar


Com um crescimento de quase 200 milhões de euros no mês passado, o valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários (OICVM) consolidou-se nos 8.368 milhões de euros. Os dados foram publicados pela CMVM que também analisa os fundos de investimento alternativos (FIA) que seguiram em sentido contrario, com o valor sob gestão a cotar nos 4.922 milhões de euros, 4,7% abaixo do valor conhecido em março.

Portugal perde posição

Portugal ainda lidera o ranking dos investimentos em valores mobiliários cotados por mercado, depois da queda de 14% no mês passado, tendo fechado o período com 1.264 milhões de euros. Mais perto do primeiro lugar ficou o Luxemburgo, depois de um crescimento de 5,9% para os 1.249 milhões de euros. O Reino Unido continua destacado na terceira posição, mesmo depois de ter perdido 4,2%, terminando o mês de abril com mais de 800 milhões de euros.

Menos Portugal e mais Grécia

Os investimentos realizados na dívida pública nacional também encolheram no mês passado. Os dados do regulador mostram que o investimento em dívida pública nacional caiu 30,7% para os 405 milhões de euros, sendo a segunda queda consecutiva. Em sentido contrário aparece a dívida pública grega que deu um “enorme salto” passando de 20 milhões para mais de 125 milhões de euros.

Afastamento nas ações

Também nas ações houve um afastamento por parte dos OICVM. Os dados do regulador mostram que as ações nacionais perderam peso em 1,8% para os 344,8 milhões de euros. Os EUA continuam a ser o segundo mercado acionista preferido com 221 milhões de euros e a França está no terceiro lugar com 136 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos