Valor líquido global dos fundos dos OICVM aumentou em maio


Na última síntese dos mercados financeiros, publicada pela CMVM, o regulador revelou o seu resumo da Indústria de Fundos de Investimento, referente ao mês de maio, onde se destaca o aumento do valor líquido global dos fundos (VLGF) em 0,9%, cerca de 117 milhões de euros. Assim, no final de maio o valor total atingia os 13.408 milhões de euros.

Mais de 8% em 2014

A valorização em 2014 tem sido assinalável. Nos primeiros cinco meses do ano o valor total dos OICVM cresceu 8,1%, passando de 12.397 para os 13.408 milhões de euros. Em termos de fundos disponíveis, apesar de existirem menos dois em maio do que em abril, o saldo do ano é positivo com a existência de mais u m produto de investimento, totalizando 245 fundos.

Imobiliários em caminho inverso

Os fundos de investimento imobiliários tem seguido um caminho diferente. Segundo a CMVM a oscilação do valor líquido global dos fundos foi negativa em 2014 na ordem dos 1,5%, para os 12.913 milhões de euros no final de maio. Também em número de produtos houve uma queda de três este ano, com o mês de maio a fechar com 254 produtos de investimento.

Capitalização bolsista das UPs em destaque

O crescimento em termos homólogos da capitalização bolsista das Unidades de Participação atingiu os 78,4% no final de junho. Em junho de 2013 o valor absoluto chegava aos 169 milhões contra os 302 milhões de euros no final de junho passado. É o maior crescimento homólogo dentro da Euronext Lisbon, no que toca aos segmentos de mercado, seguido das ações com ganhos homólogos de 43,2%.

Já os ETFs cresceram, nos últimos doze meses, praticamente 35% para os 5,3 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos