Valor global dos OICVM e FIA atingiu os 12,4 mil milhões em 2013


A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) publicou ontem o seu relatório anual de 2013. De acordo com a publicação, o valor global da carteira dos Organismos de Investimento Colectivo em Valores Mobiliários (OICVM) e Fundos de Investimento Alternativo (FIA) atingiu 12,4 mil milhões de euros no final do ano passado, com o “acréscimo evidenciado na primeira metade do ano a ser ligeiramente superior ao decréscimo ocorrido no segundo semestre”, pode ler-se. “A diminuição do valor sob gestão na segunda metade do ano foi largamente determinada pelos fundos alternativos uma vez que o valor administrado por OICVM aumentou continuamente em 2013”, explica o regulador.

OICVM crescem 1,4 mil milhões de euros

“O aumento do valor administrado pelos OICVM foi suportado pelos fundos de obrigações, fundos de mercado monetário e outros fundos de investimento (onde estão agrupados os anteriormente denominados fundos de tesouraria, fundos mistos e fundos de fundos)”. Os fundos do mercado monetário foram os que mais ajudaram neste crescimento, ao contribuírem com 659 milhões de euros em subscrições líquidas.

Já os “outros fundos de investimento, com carteiras constituídas por ativos de elevada liquidez (maioritariamente valores mobiliários, instrumentos do mercado monetário e depósitos bancários com prazo de vencimento inferior a um ano)”, tiveram subscrições líquidas na ordem dos 684 milhões de euros.

Em sentido contrário seguiram os FIA com o valor administrado a cair cerca de 1,3 mil milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos