Tags: Obrigações | Ações |

Uma forma de visualizar em segundos os movimentos dos bancos centrais de todo o mundo


A queda do Lehman Brothers em 2008 inaugurou uma era de políticas monetárias pouco convencionais. Os bancos centrais têm estado ativos desde então, mas em 2015 o número de participantes e de movimentos tem alcançado uma nova dimensão histórica. Só desde o início do ano, mais de 20 bancos centrais cortaram as taxas de juro em países de todo o mundo, incluindo entre eles a China, a Austrália e o Canadá. Quando a Reserva Federal começar a subir as taxas, inaugurará um novo período de políticas divergentes entre os principais mercados desenvolvidos do mundo.

De forma a manter os investidores informados acerca dos movimentos dos bancos centrais, a BlackRock criou, através do BlackRock Investment Institute, um mapa interativo que permite consultar em segundos e de forma muito intuitiva o que tem sido feito nas diferentes regiões do mundo: subir as taxas, baixá-las, manter a política monetária sem mudanças ou colocar em marcha algum programa de estímulo quantitativo. Para além disso, permite ordenar as distintas áreas geográficas por população, PIB, poder de compra em relação ao PIB, política monetária e dispô-las como um mapa ou ordená-las por movimentos mais recentes. Esta é a aparência por esta altura:

Atualmente o mapa recolhe a última atualização das mudanças efetuadas nas políticas monetárias de todo o mundo durante o mês de junho nas 75 maiores economias do mundo (calculado pelo poder de compra em relação ao PIB). 

Empresas

Próximos eventos