Tags: Consultoria |

Últimos dois anos: as gestoras de patrimónios que mais aumentaram os seus ativos sob gestão


Segundo os dados disponibilizados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – através da sua página na internet, os ativos geridos pelas entidades que gerem patrimónios e que se encontram registadas na Associação fecharam o mês passado num valor acima dos 60.000 milhões de euros. Face ao mês anterior o aumento foi de 0,7%, que se materializa em 420 milhões de euros.

Analisando num espaço temporal mais longo, a dois anos, verificamos que o aumento entre outubro de 2013 e o mês passado se situa em 11,76%, ou seja, 6.314 milhões de euros. No período em análise foram várias as situações que mexeram com os mercados, nomeadamente o fim do programa de ajustamento ou as eleições legislativas recentemente levadas a cabo. Com todas as vicissitudes que marcaram os últimos dois anos, as gestoras de patrimónios conseguiram crescer em ativos sob gestão, sendo duas as entidades a conseguirem um incremento de mais de mil milhões de euros em dois anos: a BPI Gestão de Activos e a Caixagest.

A primeira foi mesmo a gestora que mais cresceu em termos absolutos e monetários. Nos últimos dois anos a casa aumentou o seu património sob gestão em 73,21% para mais de 8.171 milhões de euros. Em termos monetários o aumento foi de 3.454 milhões de euros. Este crescimento levou a BPI Gestão de Activos ao terceiro lugar entre as maiores entidades ficando apenas atrás da BMO GAM (F&C Portugal) e a Caixagest.

A Caixagest mantinha o lugar cimeiro em outubro de 2013 e no passado mês de outubro a situação não se alterou. No decorrer dos últimos dois anos a gestora aumentou o seu património em 2.778 milhões para o patamar dos 22.162 milhões de euros. Em termos percentuais o crescimento foi de 14,34%.

Mais três com crescimento

Além destas duas entidades, foram mais três aquelas que conseguiram aumentar o seu património nos últimos dois anos. Com um aumento de 500 milhões de euros surge a Crédito Agrícola Gest, fechando o mês de outubro passado com mais de 2.110 milhões de euros em património

Acima dos 200 milhões de euros figuram as restantes duas entidades: a Montepio Gestão de Activos e a Santander Asset Management. A primeira com um crescimento de 253 milhões para 1.415 milhões de euros e a segunda com um acréscimo de 210 milhões para 4.502 milhões de euros.

As gestoras com evolução positiva nos últimos dois anos

Sociedade GestoraOutubro 2013Outubro 2015Variação %Variação monetária
BPI Gestão de Activos 4 717 748 643,66 € 8 171 825 278,10 €73,21%3 454 076 634,44 €
Caixagest 19 383 912 097,89 € 22 162 681 189,67 €14,34%2 778 769 091,78 €
Crédito Agrícola Gest 1 610 282 349,37 € 2 110 583 267,12 €31,07%500 300 917,75 €
Montepio Gestão de Activos 1 162 764 002,62 € 1 415 780 787,15 €21,76%253 016 784,53 €
Santander Asset Management 4 291 980 146,67 € 4 502 965 788,48 €4,92%210 985 641,81 €
Fonte: APFIPP no final de outubro de 2015
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos