Último triénio: qual o produto estrela de cada gestora?


Entre o início de 2012 e o final de 2014 os mercados financeiros sofreram algumas transformações com a volatilidade a ser um dos termos mais utilizados para caracterizar o que de melhor...e pior aconteceu.

No final do ano passado, eram cerca de 180 os produtos nacionais que tinham dados para os últimos três anos. Passados à lupa, verificamos que os melhores produtos das dezasseis entidades gestoras nacionais de fundos mobiliários não seguem uma tendência definida, já que encontramos ações sectoriais, ações Europa, ações Améria do Norte e produtos mais defensivos, como obrigações ou fundos de tesouraria.

Os mais de mil dias analisados levaram boas rendibilidades a alguns produtos, segundo os dados retirados da Morningstar Direct. A liderar a tabela surge o único produto que apresenta crescimento acima de 20% nos últimos três anos. Trata-se do Invest AR PPR, gerido pela Invest Gestão de Activos, que entre o início de 2012 e o final do ano passado atinge uma rendibilidade anualizada de 24,58%.

Com ganhos de 18,53% surge, na segunda posição, o fundo da Montepio Gestão de Activos que 'aposta' no sector da saúde na Europa: o Montepio Euro HealthCare. Também sectorial, mas focado no sector financeiro figura o produto com melhor performance da Millennium Gestão de Activos: o Millennium Eurofinanceiras.

Com os olhos postos no continente norte-americano há dois produtos que se destacam por serem os melhores da sua casa de investimento no período analisado: o Santander Acções América e ainda o BPI América, denominado em euros. Enquanto o fundo da Santander Asset Management fechou os três anos com ganhos de 16,05% o produto da BPI Gestão de Activos não ultrapassou os 14,97%.

Entre estes dois fundos aparecem outros dois produtos: o Caixagest Mix Emergentes e ainda o ES Obrigações Europa. O primeiro, gerido pela Caixagest atinge ganhos de 15,98% enquanto o produto da GNB Fundos Mobiliários se fixou em 15,10%.

Acima de 10% figuram, ainda, dois produtos: o Optimize Investimento Activo e ainda o Popular Acções. O produto da Optimize Investment Partners fecha o último triénio com uma valorização anualizada de 11,06 e o fundo da Popular Gestão de Activos chegou aos 10,39%.

As restantes sete gestoras mobiliárias têm, como melhor produto, um fundo que atingiu menos de 10% de rendibilidade. Com 9,58% vem o Patris Acções Europa, da Patris Gestão de Activos, seguido do Banif Euro Acções da Banif Gestão de Activos com 9,36%. Já da BBVA AM o fundo com melhor performance é o BBVA Gestão Flexível com ganhos de anualizados de 9,04%.

Os fundos Barclays Obrigações Euro 2015 II da Barclays Wealth Management Portugal, CA Flexivel da CA Gest, Banco BIC Tesouraria A gerido pela Dunas Capital e MNF Valor da MNF Gestão de Activos fecham o rol de produtos mais rentáveis de cada entidade.

Os fundos mais rentáveis, de cada gestora, a três anos. Ordem alfabética.

FundoGestoraRendibilidade 3 anos (%)
Banif Euro AcçõesBanif Gestão de Activos9,36
Barclays Obrig Euro 2015 IIBarclays Wealth Mgr. Portugal8,76
BBVA Gestão FlexívelBBVA AM9,04
BPI América DBPI Gestão de Activos14,97
CA FlexívelCrédito Agrícola Gest7,99
Caixagest Mix EmergentesCaixagest15,98
Dunas Banco BIC Tesouraria ADunas Capital4,73
ES Obrigações EuropaGNB Fundos Mobiliários15,10
Invest AR PPRInvest Gestão de Activos24,58
Millennium EurofinanceirasMillennium Gestão de Activos17,64
MNF ValorMNF Gestão de Activos4,68
Montepio Euro HealthcareMontepio Gestão de Activos18,53
Optimize Investimento ActivoOptimize Investment Partners11,06
Patris Acções EuropaPatris Gestão de Activos9,58
Popular AcçõesPopular Gestão de Activos10,39
Santander Acções AméricaSantander Asset Management16,05
Fonte: Morningstar Direct a 31 de dezembro.
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos