Tags: Consultoria |

Tendência positiva na gestão de patrimónios


Entre março e abril o volume sob gestão das gestoras de património, presentes na APFIPP e publicado na página da Associação, cresceu mais de 1,15% para os 57.399 milhões de euros. Para este crescimento de mais de 650 milhões em muito contribuíram duas entidades: a ESAF e a Caixagest.

As duas entidades cresceram, em conjunto, 500 milhões de euros. A ESAF foi quem mais aumentou o seu volume sob gestão, crescendo cerca de 271 milhões de euros. Com este aumento a entidade consolidou o terceiro posto do ranking, fechando o mês com mais de 9.162 milhões de euros.

A Caixagest conseguiu a segunda maior valorização do mês nesta área com uma subida de 229 milhões de euros. Com este valor cimentou ainda mais a sua posição de liderança totalizando aproximando-se dos 21 mil milhões de euros.

No segundo lugar do pódio continua a F&C que fechou o mês com 14.252 milhões de euros em gestão discricionária. Entre março e abril a entidade viu o seu volume aumentar em 0,54% (cerca de 76 milhões de euros).

Volume sob gestão nas gestoras de património

Sociedade GestoraVolume sob gestão (euros)
Caixagest20 915 807 703
F&C Portugal14 252 218 125
ESAF - GP9 162 304 165
BPI Gestão de Activos5 394 985 823
Santander Asset Management4 299 178 566
Crédito Agrícola Gest1 794 010 040
Montepio Gestão de Activos1 278 894 798
Patris Gestão de Activos224 233 932
Orey Financial36 013 373
Dunas Capital - Gestão de Activos23 297 831
MNF Gestão de Activos18 319 814
 
Fonte: Dados APFIPP publicados na sua página na internet

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos