Tags: Negócio |

Sweden meets Alentejo…


A caminho de terras Alentejanas, já não é a primeira vez que a minha querida elogia o ‘look’ daquele que é o mais pequeno dos ‘jipes’ suecos. ‘É o meu favorito!’ continua ela, enquanto tece rasgados elogios ao conforto e suporte oferecido pelos já famosos bancos Volvo.

Na verdade, este XC60 está longe de ser uma novidade. Apresentado em 2008 e renovado em 2013, continua a oferecer um ar extremamente moderno e jovial, roubando muitas vendas a concorrentes alemães de peso, como sejam; Audi Q5, BMW X3, VW Tiguan, etc.

O seu ar encorpado transmite solidez e oferece espaço interior em abundância. Na bagageira com quase 500 litros de capacidade, os nossos dois sacos de fim de semana vão mais ou menos a nadar e, tal como é típico neste tipo de carroçaria, só peca por oferecer um plano de carga mais alto do que o habitual.

Desde os primeiros quilómetros em Autoestrada, a velocidades estabilizadas de 130/140km/h, é a excelente insonorização que está a marcar pontos positivos. O motor mal se ouve, está muito bem isolado de vibrações e em termos de ruídos aerodinâmicos, nada a apontar.

A tranquilidade a bordo é ainda reforçada pela presença de um controle de velocidade adaptativo, gerindo em total segurança a correcta distância para os veículos à nossa frente.

A par com a boa insonorização, contamos com um conforto de rolamento digno de nota, em parte devido a uns pneus de generoso perfil 235/60 em jantes opcionais de 18 polegadas e a uma afinação suave de suspensão. É claro que não se pode ter tudo e basta que se force um pouco o andamento para que este mote mais confortável condicione o dinamismo do XC60, para o qual também não contribui uma direcção pouco comunicativa.

Nesta versão D3, com tracção dianteira e caixa manual de 6 velocidades, o 2.0 litros diesel disponibiliza 150cv às 4.250rpm e um binário máximo de 350Nm, disponível desde as 1.500 até às 2.500rpm. Curiosamente, e apesar de um peso consideravelmente superior ao da V40CC que conduzimos com esta mesma motorização (ainda que com um binário inferior de 320Nm), encontrei neste XC60, reacções mais vivas ao acelerador e uma maior disponibilidade de resposta em qualquer mudança.

Novamente, e apesar do peso superior e de uma maior superfície frontal, são também os consumos que estão em bom plano, marcando no completo computador de bordo, valores pouco acima de 7.0ltrs/100.

A viagem decorre tranquilamente, passou da hora do jantar e o dia deu lugar à escuridão. Nisto, volta a querida a exclamar com satisfação: ‘Bem, este carro tem umas luzes fantásticas!’. E ainda reforça: ‘E tu sabes que eu nem gosto de conduzir de noite!’.

Graças ao sistema de luzes bi-xénon, com sistema de máximos automáticos, é possível conduzir por dezenas de quilómetros sem ter que tocar na haste da esquerda uma única vez, deixando que o sistema gira a melhor iluminação possível, garantindo que não encandeamos o trânsito que segue em sentido contrário. E dado que ninguém se ‘queixou’, é sinal de que o sistema funciona na perfeição!

Deleitados com todos estes ‘mimos’ tecnológicos, foi por pouco que não ignoramos a instrução do sistema de navegação em sair à direita, tomando a direcção da herdade onde iremos passar a noite.

A necessidade de percorrer umas centenas de metros em estrada de terra batida, voltou a enaltecer o conforto deste XC60, bem como a solidez e rigor de montagem, pois nem mesmo uns valentes solavancos se traduziram em qualquer espécie de ruído parasita no interior.

Com preços de acesso à gama a começar nos 45.600€, esta unidade com nível de equipamento ‘Momentum’ e com uma generosa dotação de extras, assume um preço final de 57.454€. Não sendo exagerado ou acima da concorrência, já carrega algum ‘peso’, dada a idade do modelo.

De chave no bolso, dou um ligeiro toque no botão presente no manípulo da porta e tranco o carro. Como cavalheiro que sou, carrego os sacos de viagem em direcção ao quarto, não sem antes ouvir mais uma vez: ‘Gosto muito, é o meu favorito!’

Clique aqui para mais fotos http://thecarlounge.pt/2015/08/02/ensaio-volvo-xc60-d3-sweden-meets-alentejo/

 

O Mais Lido

Próximos eventos