Tags: Negócio | Pensões |

Soma e segue nos produtos do Estado


Os produtos estatais vão de vento e popa. Tanto os Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM) como o Fundo dos Certificados de Reforma (FCR) gerido pela Segurança Social apresentam resultados positivos nos últimos tempos.

O Fundo dos Certificados de Reforma fechou o passado dia 13 de novembro com um valor de mercado de 33,729 milhões de euros, mais 2,21% face ao mês anterior. Em termos absolutos foi a maior variação do ano com o valor de mercado a crescer perto de 730 mil euros.

Desde do início do ano a subida situa-se acima dos 4 milhões de euros, ou seja, cerca de 15%. Em termos de valorização média anual, nos últimos doze meses essa subida é de 8,06% enquanto que nos últimos três anos se fixa em 6,03%.

No que diz respeito à carteira do FCR, mais de metade (53%) está aplicada em dívida pública dos países que pertencem à OCDE, excepto Portugal, enquanto um quarto está alocada a dívida soberana nacional. Já as ações representam pouco mais de 20% da carteira do produto.

Mais de 4.426 milhões de euros nos CTPM

Os Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM) fizeram no passado dia 31 um ano de vida e nesse ano o saldo é positivo. Segundo os dados do Banco de Portugal o saldo dos CTPM no final do mês passado ascendia a 4.426 milhões de euros, valor que inclui os primeiro certificados do tesouro lançados em 2010.

Os últimos meses têm sido claramente positivos para estes produtos. O mês passado foi o quarto consecutivo onde os CTPM apresentaram captações líquidas acima de 300 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos