Tags: Consultoria |

Seguradoras consolidam posição entre os clientes das gestoras de patrimónios


O terceiro trimestre do ano trouxe crescimento às gestoras de patrimónios. De acordo com a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) o incremento foi de 6,46%, que se resume a mais de 3.584 milhões de euros. Assim, no final de setembro este segmento geria 59.052 milhões de euros.

Na publicação da Associação que analisa o segmento das gestoras de patrimónios, é possível verificar a evolução dos portfólios geridos por tipo de cliente. Aqui, a APFIPP divide o mercado em seis clientes, com apenas dois a conseguirem crescer nos últimos três meses: as ‘seguradoras’ e os ‘outros investidores.’

No primeiro caso notou-se um crescimento que sustentou o aumento no património total do segmento da gestão discricionária. A subida foi superior a 10,5%, o que em termos monetários corresponde a um incremento de quase 3.800 milhões de euros. Com esta valorização, no final de setembro, as seguradores representavam dois terços do total gerido pelas sociedades gestoras de patrimónios, com mais de 39.258 milhões de euros, representando assim uma fatia de 66,5% do investimento a cargo destas entidades. 

Já nos clientes denominados de ‘outros investidores’ a evolução foi de 1,75% para mais de 7.100 milhões de euros. Em termos de variação monetária, o aumento foi de 121 milhões de euros.

Fundos em queda

Seja nos fundos de pensões, seja nos fundos de investimento o denominador é comum: estes dois "clientes" das gestoras de patrimónios assistiram a uma redução do seu património no terceiro trimestre do ano.  No caso dos fundos de pensões a descida, entre o final de junho e o final de setembro, foi de 2%, o que soma 10.600 milhões de euros de volume gerido. Nos fundos de investimento a desvalorização foi de 8,8%, ficando no final do mês passado nos 1.113 milhões de euros.

Também os clientes particulares e as fundações registaram perdas, embora residuais. Em ambos os casos a queda foi inferior a 0,3%, com os particulares a fecharam o mês com 930 milhões e as fundações a comporem 48 milhões de euros do "bolo" total das gestoras de patrimónios. 

Quadro-resumo por ordem alfabética do tipo de clientes

Tipo de clienteAtivos sob gestão - 06/2016Ativos sob gestão - 09/2015Variação %Variação €
Fundações 48 041 715 € 47 988 992 €-0,11%-52 723 €
Fundos de Investimento 1 220 943 118 € 1 113 298 314 €-8,82%-107 644 804 €
Fundos de Pensões 10 818 149 935 € 10 600 225 049 €-2,01%-217 924 886 €
Outros 6 980 353 302 € 7 102 252 477 €1,75%121 899 175 €
Particulares 932 763 571 € 930 062 909 €-0,29%-2 700 662 €
Seguradoras 35 467 076 896 € 39 258 273 219 €10,69%3 791 196 323 €
Fonte: APFIPP no final de setembro.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos