Segundo recuo consecutivo do indicador de poupança


Depois da queda de julho para agosto, o indicador de poupança APFIPP/Universidade Católica voltou a cair no mês de setembro. Segundo a última nota informativa divulgada pelas entidades o indicador caiu dos  129,5 para os 125,9.

Desta forma, esta é a segunda descida mensal consecutiva verificada desde que em julho foi atingido um máximo histórico de 130,8.

Na mesma nota informativa pode ler-se que “apesar do decréscimo verificado no indicador de poupança APFIPP/Universidade Católica, a tendência de crescimento da poupança das famílias, isto é a variação trimestral das séries alisadas, não sofreu, no terceiro trimestre de 2013, alterações significativas e continua a manter os sinais de estabilização em níveis historicamente elevados”. (ver Gráfico 3).

Em termos agregados, diz a nota, as famílias continuam a poupar mais, já que a sua taxa de poupança tem aumentado em 0,10-1,15 pontos percentuais do PIB em cada trimestre desde Dezembro de 2009.

 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos