Tags: Alternativos |

Segmento imobiliário cresceu no mês passado


Tal como aconteceu no último mês do ano passado, também o primeiro mês de 2017 registou um aumento no património do segmento imobiliário. "O valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) situou-se em 10.556,8 milhões de euros, mais 28,1 milhões (0,27%) do que em dezembro do ano passado", revela o regulador na sua publicação mensal sobre o segmento.

O mesmo relatório mostra que o "montante investido subiu nos fundos de investimento imobiliário, 0,5% para 7.615,9 milhões de euros, enquanto nos FEII e nos FUNGEPI recuou, respetivamente, 0,3% para 2.438,9 milhões e 0,1% para 510,0 milhões".

Contrariamente ao que aconteceu no passado mês de dezembro, o mês de janeiro não trouxe qualquer mexida no número de fundos, nem sequer em passagens de gestão de entre entidades. Assim, o segmento imobiliário, em janeiro, disponibilizava 233 fundos de investimento a todos os investidores.

Investimento noutros fundos decresceu nos fundos abertos

O mês passado trouxe, também, um decréscimo no montante investido noutros fundos de investimento, nomeadamente nos fundos abertos. Os dados do regulador apontam para um decréscimo de 0,7% nesta rubrica nos FII+FEII para 3,2 milhões de euros; enquanto que nos FUNGEPI a descida foi de 0,1% para 19,3 milhões de euros.

Relativamente aos fundos fechados, o comportamento foi contrário. O regulador, no seu relatório, mostra que houve um incremento de 0,2%, para um total muito próximo dos 53 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos