Tags: Negócio |

Segmento de Gestão de Patrimónios decresceu mais de 1% em janeiro


A Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios - APFIPP - já fez o balanço do primeiro mês do ano no que diz respeito ao segmento de Gestão de Patrimónios. No final de janeiro, o segmento registava um património total a rondar os 55.339 milhões de euros, o que representa um decréscimo de 1,2% face ao final do mês anterior. Quando comparado com o mesmo mês do ano passado, então a descida é bem mais acentuada, ao fixar-se acima dos 6,5%. Não podemos esquecer, que a APFIPP detém uma representação do mercado a rondar os 90,4% de todo o património gerido de forma individual em Portugal.

Na frente, tudo na mesma

Analisando as entidades que são Associadas na APFIPP, verificamos que na frente está tudo na mesma. A Caixagest continua a liderar com uma quota de mercado de 39,5%, o que significa um montante de 21.836,5 milhões de euros. A BMO GAM e a BPI Gestão de Activos seguem logo depois, com 12.900,9 milhões e 6.629,0 milhões de euros, respetivamente.

De todas as entidades, aquela que mais cresceu, em janeiro, "em termos percentuais, foi a Santander Asset Management com 1,1% (42,8 milhões de euros), enquanto que, a que registou o maior crescimento, em valores absolutos, foi a BPI Gestão de Activos com 65,1 milhões de euros (1,0%)", conforme revela a nota informativa publicada pela Associação. Aliás, o mesmo documento mostra que apenas estas duas entidades gestoras registaram crescimento no decorrer do primeiro mês do ano.

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos