Scott Bessent deixa de gerir a fortuna de Soros para montar o próprio hedge fund


Scott Bessent é o homem que tem estado a supervisionar nos últimos quatro anos a fortuna de 30.000 milhões de dólares do guru George Soros (na foto), a partir do cargo de diretor de investimentos da Soros Fund Management. Bassent anunciou que deixará esta tarefa para lançar no final de 2015 o seu próprio hedge fund, que se chamará Key Square Group.

A peculiaridade do novo veículo é que, comentam da Bloomberg, iniciará a sua jornada com um património de 2.000 milhões de dólares que sairão do bolso do próprio Soros. Esta quantidade converte a Key Square Group numa das maiores estreias nos fundos de investimento livres de todos os tempos – inclusive antes de começar a captar dinheiro de outros investidores – segundo a informação publicada pela agência financeira.

Robert Soros, filho do famoso investidor, indicou em comunicado que Bessent iniciará este novo projeto “devido às limitações implicadas no trabalho com uma estrutura de family office que lhe impedia de captar o capital do exterior”. O ainda diretor de investimentos tinha trabalhado para o veículo de Soros durante oito anos na década de 1990 e tinha regressado ao trabalho no final de  2011; nestes quatro anos conseguiu gerar lucros em torno dos 10.000 milhões de dólares (cerca de 13% anualizados) de acordo com fontes da empresa. 

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos