Saúde, utilities, serviços financeiros, energia, telecomunicações: como se têm “saído” os sectoriais em 2014?


Os seis fundos de ações sectoriais assim categorizados pela APFIPP, correspondem a apenas duas casas gestoras - a Millennium Gestão de Activos e a Montepio Gestão de Activos – e desde que o ano começou conseguem um retorno médio de mais de 8%.

No caso da gestora do Montepio, os produtos que lhe pertencem são a maioria deste universo. Os cinco fundos a cargo da entidade abrangem vários sectores de investimento: a saúde, as utilities, as telecomunicações, os serviços e a energia.

Numa entrevista à Funds People, José António Gonçalves, explicava que o lançamento deste tipo de fundos se justificou com a “ampliação da gama de fundos  disponibilizados aos participantes através de opções de diversificação adicionais, para além das clássicas opções de carácter geográfico”.

Único que investe em saúde: o mais rentável

É precisamente um fundo da casa que sobe ao top dos mais rentáveis desde que 2014 se iniciou, até ao dia 28 de novembro. O Montepio Euro Healthcare consegue no período um retorno muito próximo dos 17%, segundo os dados da APFIPP, e conforme indica a página online da Morningstar, no final de outubro, geria mais de 10 milhões de euros. Nas cinco maiores posições, segundo esta última fonte, encontramos empresas como a Novartis, a AstraZeneca ou a Bayer.

O segundo produto mais rentável é também gerido pela Montepio Gestão de Activos, mas desta vez dedicado às utilities. O Montepio Euro Utilities consegue nos primeiros 11 meses do ano ganhos de 13,65% e, segundo, a página da empresa de análise, o fundo conta com um património de 13 milhões de euros. O fundo investe em empresas como a National Grid ou a GDF Suez.

Com um retorno de 9,01%, segundo a Associação de Fundos, o terceiro lugar do ranking cabe ao Montepio Euro Telcos. O produto cuja política de investimento “visa a constituição de uma carteira diversificada de ações de empresas europeias, que operem no sector de telecomunicações”, tinha pouco mais de 6 milhões de euros sob gestão, no final de outubro, segundo o portal da empresa de análise. O produto investe por exemplo em títulos como a Vodafone ou a Telefónica.

O quarto posto é ocupado pelo Millennium Euro Financeiras, da Millennium Gestão de Activos, que nos meses decorrentes do ano tem um retorno de 5,36%. O fundo tem cerca de 27 milhões de ativos sob gestão e da carteira fazem parte, segundo a página da Morningstar, empresas financeiras como a HSBC, a Allianz ou o Barclays.

Lista de fundos de ações sectoriais

FundoGestora Rentabilidade desde início de 2014 (%)
Montepio Euro HealthcareMontepio Gestão de Activos16,72
Montepio Euro UtilitiesMontepio Gestão de Activos13,65
Montepio Euro TelcosMontepio Gestão de Activos9,01
Millennium Euro FinanceirasMillennium Gestão de Activos5,36
Montepio Euro Financial ServicesMontepio Gestão de Activos3,78
Montepio Euro Energy Montepio Gestão de Activos1,99

Fonte: Dados APFIPP, de 28 de novembro

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos