Tags: Pensões |

Saiba como está a volatilidade nos fundos de pensões


A volatilidade dos fundos de pensões está a diminuir. Segundo a Morningstar, o desvio-padrão a um ano está no 4,39% e a três anos está no 5,67%, de acordo com os últimos dados publicados, referentes ao mês de outubro.

Dos 55 fundos e das dez gestoras de fundos de pensões que a Morningstar analisou, a ESAF – Espírito Santo Fundos de Pensões é a gestora que tem o desvio-padrão maior, atingindo 7,77%. Logo depois aparece a Futuro com uma volatilidade de 6,60%.

Do lado oposto é a BPI Vida que apresenta um desvio-padrão menor, na ordem dos 2,27%. Já a BPI Pensões está no segundo lugar com uma variação de 2,60%. Em terceiro lugar a SGF – Sociedade Gestora de Fundos de Pensões com uma volatilidade de 2,69%.

Três acima de 10% no último ano

Existem três fundos de pensões com um desvio-padrão acima de 10%. O ES PPA é o líder da volatilidade no último ano ao atingir 21,5%. Com 21,06% vem o Futuro Acção PPA e a fechar o ES Multireforma Ações com uma volatilidade de 12,11%.

Do lado oposto aparece o Caixa Reforma Prudente que apresenta um desvio-padrão de 0,09%. Depois vem o Banif Reforma Garantida com uma volatilidade de 0,14%. Para fechar o TOP 3 aparece o BPI Garantia com um desvio-padrão de 0,47%.

Ações com maior volatilidade

Como era de prever, é a categoria de ações aquela que maior volatilidade apresenta no último ano ao atingir os 16,22% (3 dos 55 fundos). Já as obrigações fixaram o seu desvio-padrão nos 1,44% (6 de 55 fundos). Já a categoria de alocação é aquela que mais produtos tem (41 dos 55) e apresentou uma volatilidade de 3,93% nos últimos doze meses.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1 3
Anterior 1 3

O Mais Lido

Próximos eventos