Tags: Obrigações | Ações | EUA | Europa |

Resultados do BPI e da Portucel esta semana


Depois da semana passada ter ficado marcada pelas palavras de Janet Yellen, ao reforçar a confiança na recuperação da economia norte-americana, com um especial ênfase no caminho a percorrer para alcançar o pleno emprego, esta semana, segunda-feira, dia 21 de abril começa a meio-gás, já que em alguns países as festividades de Páscoa prosseguem. Ainda assim, nos EUA, conhecem-se dois importantes indicadores: o leading Index, relativo a março, que traça uma previsão para atividade futura da economia, e o  Chicago Fed National Activity Index, também referente a março.

No dia seguinte, terça-feira, ao nível da zona euro o destaque vai para a confiança do consumidor no mês de abril, mas também para os resultados relativos à indústria da construção no mês de fevereiro. Em Portugal, por outro lado, são reveladas informações sobre a balança comercial no mês de fevereiro.

Dia 23 de abril, quarta-feira, é altura de se conhecerem as minutas reveladas pelo Bank of England, enquanto a zona euro fica a saber dados sobre o PMI de manufactura. O mesmo índice é ainda revelado na Alemanha e em França. Nos EUA o dia fica marcado pelos dados sobre as vendas de novas casas no mês de março. No nosso país, sabem-se os resultados do BPI respeitantes ao primeiro trimestre do ano. Também a cotada Portucel apresenta as contas dos primeiros três meses de 2014.

Quinta-feira,  Mario Draghi terá a palavra na Holanda, onde discursará sob o mote “os bancos centrais nas próximas duas décadas”. Este dia fica marcado pelo sentimento de negócio na Alemanha divulgado pelo CESifo Group. No Japão é conhecido o índice de preços no consumidor.

A fechar a semana, dia 25 de abril, feriado nacional, as atenções viram-se para o Reino Unido, que conhece as vendas a retalho, correspondentes ao mês de março. No Japão sabem-se informações sobre o índice de atividade industrial no mês de fevereiro. Nos EUA recebem-se dados acerca do PMI composto.

Segunda-feira é dia dos EUA irem aos mercados financiar-se. Terça-feira, por seu lado, Espanha financia-se a 3 e 9 meses, enquanto a França também tem leilão de dívida marcado. Quarta-feira é a vez da Alemanha. Já na quinta-feira, Espanha vai aos mercados financiar-se, a par da Itália e do Reino Unido. 

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos