Tags: Negócio | Ações |

Resultados BPI: recursos fora do balanço crescem 15,8% em 2015


O Banco BPI abriu a temporada dos resultados referentes ao terceiro trimestre no sector bancário. O banco liderado por Fernando Ulrich registou um lucro líquido de 151 milhões de euros, uma melhoria face ao mesmo período do ano passado, onde os prejuízos atingiram 114 milhões de euros. Segundo o comunicado da instituição o lucro líquido "decorre de um contributo da actividade doméstica de 38,9 milhões de um contributo da actividade internacional de
112 milhões de euros".
Já o resultado por acção (Basic EPS) foi de 0.104 euros.

No que toca aos recursos de clientes fora do balanço, que junta os fundos de investimento os PPR e os PPA, houve um acréscimo de 15,8% em 2015 e de 16,3% nos últimos doze meses. Assim, no final de setembro estra rubrica que junta os três tipos de produtos ascendia a 3.724 milhões de euros. 

Comissões em rota ascendente

as comissões sofreram, também, um aumento nos primeiros nove meses do ano, face ao mesmo período do ano passado. Em 2015 o valor cresceu 3,1% para os 188,8 milhões de euros. No entanto, na gestão de ativos as comissões evoluíram em caminho oposto. O decréscimo foi de 2,3% no período, tendo-se fixado em 30,3 milhões de euros. 

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos