Tags: Emergentes | Latam |

Rendibilidades nos fundos de ações foram as mais expressivas no Brasil


Houve uma melhoria nas rendibilidades dos fundos brasileiros de investimento no mês passado. De acordo com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) “a continuação na recuperação da performance dos principais indicadores do mercado financeiro em abril levou a indústria de fundos a apresentar rentabilidades positivas em quase todos os tipos”.

Entre as várias categorias em que a ANBIMA divide a indústria de fundos, aquela que mais subiu foi a de “Ações Sustentabilidade/Governança”,  ao alcançar uma rendibilidade mensal de 2,69%. Esta categoria bateu também o índice de referência brasileiro que voltou aos ganhos, ao crescer 2,40%. Com este crescimento, o índice regressou aos ganhos positivos em 2014, fechando o quarto mês do ano com uma rendibilidade acumulada de 0,23%.

Já a categoria “IBxX Ativo” conseguiu ganhos de 2,31%, embora neste caso não tenha conseguido superar o indicador IBrX que fechou o mês a ganhar 2,71%.

Valorização no mês de abril

Além das duas categorias já mencionadas, as restantes também conseguiram ganhos positivos. A “Multimercados Trading” cresceu 2,07% enquanto a “Renda Fixa Índices” fechou o mês a ganhar 1,73%. Destaque, também, para as “Acções Livres” com um retorno de 1,36% e para a “Long and Short – Neutro” com uma rendibilidade mensal de 1,19%. Do lado oposto, apenas uma categoria baixou em abril, mais concretamente a “Ações Small Caps”, com perdas de 0,28%, sendo a categoria que mais perdeu em 2014 com 7%.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos