Tags: Pensões | Ações |

Rendibilidade mediana dos fundos de pensões em terreno negativo, em janeiro


A volatilidade das bolsas mundiais em janeiro teve as suas consequências também na rendibilidade dos fundos de pensões. Segundo o que relata a consultora Mercer, os fundos de pensões portugueses resvalaram -0,5% em janeiro “devido ao desempenho negativo das ações”.

Rui Guerra, partner da Mercer, indica que "os mercados em janeiro ficaram marcados pela performance muito negativa das ações, devido ao abrandamento do crescimento económico global no último trimestre e ao baixo preço do petróleo”. Por outro lado, acrescenta, “as obrigações obtiveram retornos positivos devido ao aumento da procura por investidores que procuram uma alternativa à instabilidade do mercado acionista”. As obrigações, como um todo, registaram uma rendibilidade mediana estimada de 1,2%, enquanto o contributo das ações foi de -5,1%.

Profissionais

Próximos eventos