Tags: Obrigações | Ações | EUA |

Reino Unido conhece vários indicadores económicos esta semana


O final do mês de março está mesmo a bater à porta. Nesta que é última semana do terceiro mês do ano, passamos em revista quais os principais acontecimentos que vão marcar os próximos cinco dias, sendo que na semana passada o destaque foi o corte de 10 mil milhões de dólares no programa de compra mensal de ativos nos EUA.

Esta segunda feira, dia 24 de março, a zona euro “está na berlinda”, já que é conhecido o PMI composto, relativo a março. Nos EUA é a vez de se saberem dados da atividade industrial de Chicago, referentes ao mês de fevereiro.

Terça-feira, dia 25 de março, o grande foco vai para o Reino Unido. Sabem-se novidades acerca do índice de preços no consumidor no mês de fevereiro, mas também as aprovações de pedidos de hipotecas no mesmo período. O país fica, ainda, a conhecer indicadores, como o índice de preços no produtor, ou o índice de preços no retalho no mês passado. Nos EUA é dia de ser divulgada a confiança do consumidor, no mês de março, e também o número de novas vendas de casas em fevereiro.

No dia seguinte, 26 de março, nos EUA sabem-se novidades acerca das ordens recebidas pelos fabricantes de bens duradouros, mas também sobre o PMI de serviços. Neste mesmo dia, é altura de serem revelados resultados acerca dos testes de stress na banca norte-americana.

Quinta-feira, dia 27 de março, é dia do Reino Unido publicar informações acerca das vendas a retalho em fevereiro, mas também os novos pedidos de subsídio de desemprego. Nos EUA destaque para o PIB anualizado no quarto trimestre, e para as vendas pendentes de casas, no mês de fevereiro. No Japão é a vez de saírem dados acerca do índice de preços no consumidor, e igualmente a taxa de desemprego em fevereiro.

A fechar a semana, sexta-feira, dia 28 de março, a zona euro fica a conhecer alguns indicadores: confiança do consumidor, o clima de negócios ou a confiança na indústria, no mês de março. No nosso país destaque para os dados sobre a confiança do consumidor e de negócio, no mês de março.

Nos leilões da dívida, segunda-feira, é dia da Alemanha ir aos mercados financiar-se, enquanto Itália tem leilão marcado para quarta e quinta-feira.                                    

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos