Tags: Negócio |

Recursos fora de balanço crescem 3% nos últimos doze meses na CGD


A Caixa Geral de Depósitos foi a mais recente instituição a apresentar os seus resultados referentes aos primeiros nove meses do ano. Nesse período o seu resultado líquido foi de 3,4 milhões de euros, o que representa uma quebra de quase 43 milhões de euros em relação ao mesmo período do ano passado. O banco liderado por José de Matos apresentou, ainda, uma margem financeira de 874 milhões, mais de 94 milhões de euros face ao mesmo período do ano passado.

as comissões líquidas sofreram  uma queda residual de 1,6%, tendo-se situado nos 375 milhões de euros.

Recursos fora de balanço em sentido ascendente 

Os recursos fora do balanço sofreram um incremento de 3% nos últimos doze meses, para os 27.414 milhões de euros. O maior aumento percentual e também monetário aconteceu nos fundos de pensões que viram o seu valor crescer 21,6% para 3.320 milhões de euros.

Já os fundos de investimento mobiliário aumentaram 6,4% para 4.035 milhões enquanto a gestão de patrimónios cresceu 0,3% para 18.770 milhões de euros. O único revés aconteceu nos fundos imobiliários que diminuíram 6,5% para 1.290 milhões de euros.

Empresas

Próximos eventos