Tags: Negócio |

Quem são as 25 gestoras maiores do mundo? Radiografia de uma indústria que já vale 50 biliões de euros


Como todos os anos por esta altura, a revista Investments & Pensions Europe (IPE) publica o seu ranking IPE Top 400 Asset Management, que recolhe as 400 gestoras de fundos de maior dimensão no mundo. A BlackRock volta a liderar a lista das maiores, com um património de 3,84 biliões de euros, o que equivale a 7,6% do património global. Repetem igualmente o segundo e terceiro posto, respetivamente, a Vanguard com 2,57 biliões de euros, e o State Street Global Advisors, com cerca de 2 biliões de euros. Segundo dados da publicação, as dez empresas de maior tamanho somam um terço (33,5%) de todos os ativos da indústria.

Os primeiros lugares da lista mantiveram-se inalterados comparativamente com o ranking de 2014; é necessário descer até ao sétimo posto para detectar a primeira mudança. Trata-de do Capital Group, que avança dois escalões em detrimento da PIMCO (que baixou um posto) e do Deutsche AWM, que retrocedeu do lugar 8 para o 16. O património da empresa alemã contraiu 22,48% relativamente a 2014, até aos 721.747 milhões de euros. Outra mudança destacada dentro das primeiras posições foi o avanço da Goldman Sachs AM do posto número 16 para o 11, ao alcançar ativos sob gestão de 846.000 milhões de euros.

A indústria mundial supera os 50 biliões de euros

Esta edição do IPE Top 400 Asset Management fica marcada por uma soma redonda: os ativos sob gestão das 400 gestoras de maior tamanho do mundo alcançaram os 50,3 biliões de euros, ao crescer cerca de 17% relativamente a 2014. Este aumento chega depois de se ter registado crescimentos entre 8% e 9% nos anos anteriores.

Paralelamente, o património atribuído a investidores institucionais europeus cresceu cerca de 14% até aos 7,3 biliões de euros. BlackRock, Legal & General e APG são as três gestoras com maior dinheiro institucional na Europa.

A publicação também revela dados sobre o tamanho da indústria europeia de fundos de pensões; esta alcançou, segundo o estudo, 2,9 biliões de euros, face aos 2,2 biliões com os quais terminou 2013. Deste montante, 894.000 milhões de euros correspondem a ativos geridos por seguradoras.

Outro dos pontos recorrentes desta sondagem com caráter anual é o dos centros decisivos para fazer negócios. O IPE Top 400 indica que o Reino Unido volta a aparecer como o maior centro financeiro da Europa, com 4,2 biliões de euros. Seguem-se a França (3,5 biliões), a Alemanha (2,6 biliões), a Suíça (1,9 biliões) e a Holanda (1,7 biliões). 

Posição

Gestora

Nacionalidade

Património (milhões de euros)

1

BlackRock

EUA/Reino Unido

3.844.383

2

Vanguard

EUA/Reino Unido

2.577.380

3

State Street Global Advisors

EUA/Reino Unido

2.023.149

4

Fidelity Worldwide Investment

EUA

1.595.380

5

BNY Mellon IM

EUA/Reino Unido

1.407.163

6

J.P. Morgan AM

EUA/Reino Unido

1.266.805

7

Capital Group

EUA

1.167.231

8

PIMCO

EUA/Alemanha/Reino Unido

1.162.231

9

Pramerica Investment Management

EUA

968.628

10

Amundi

França

865.985

11

Goldman Sachs AM

EUA/Reino Unido

846.182

12

Northern Trust Asset Management

 

EUA/Reino Unido

771.951

13

Wellington Management

 

EUA

755.108

14

Natixis Global AM

França/EUA

735.530

15

Franklin Templeton Investments

EUA/Reino Unido

727.394

16

Deutsche AWM

Alemanha

721.747

17

TIAA - CREF

EUA

703.529

18

Invesco AM

EUA/Reino Unido

654.645

19

Legal & General Investment Management

Reino Unido

643.070

20

AXA IM

França

623.070

21

T. Rowe Price

EUA/Reino Unido

617.163

22

Legg Mason Global AM

EUA

586.004

23

UBS Global AM

Suíça/Reino Unido

552.089

24

BNP Paribas IP

França

513.986

25

Affliated Managers Group

EUA

512.653

Fonte: Questionário IPE Top 400 Asset Management 
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos