Que produtos mantêm posições em dívida argentina?


Desde 1974-76 que a Argentina já teve algumas crises económicas sendo que a desde quarta-feira passada o governo liderado por Cristina Kirchner não pagou o segundo vencimento da dívida aos seus credores no valor de 539 milhões de dólares. Desta forma, o país Albi Celeste entrou em default seletivo o que poderá afectar os fundos que têm em carteira ativos do país (dívida soberana, empresarial, entre outros).

Entre os 125 Organismos de Investimento Colectivo Estrangeiros registados em Portugal, que incluem aproximadamente 2.450 sub-fundos, existem algumas dezenas que têm títulos argentinos em carteira. Analisando apenas aqueles que têm mais de 1% em carteira, encontramos mais de vinte de fundos de investimento nestas condições, segundo dados da Morningstar Direct.

Dos produtos analisados, aquele que apresenta a maior percentagem em carteira de dívida soberana argentina é o Parvest Bond Best Sel World Em C C, gerido pelo BNP Paribas Investment Partners Luxembourg. Segundo a entidade são mais de 5,37% investidos em dívida argentina com uma taxa de juro de 7% (a 30 de junho).

Com um peso de 4,58% na sua carteira (a 31 de julho), aparece o Old Mutual Emerging Mkt Debt A1 gerido pela Old Mutual. A sua posição é semelhante à do fundo anterior, isto é, dívida soberana com uma taxa de juro de 7%.

Fecha o pódio o fundo Neuberger Berman EM Dbt Hard Cc I $ Acc gerido pela Neuberger Berman Investment Funds. Aqui a posição é de 3,88% (a 30 de junho) sendo que o título em carteira continua a ser o mesmo, ou seja, dívida pública a pagar um juro de 7%.

Entre a lista dos produtos com maiores posições em carteira de títulos argentinos, destaque para o Fidelity Emerging Mkt Debt A-Acc-Euro gerido pela Fidelity com uma presença de 2,12% e para o Templeton Emerging Mkts Bd A QDis $ da Franklin Templeton Investments com 2,007% contabilizados no final de maio.

Nacionais entre o top

No top dos produtos com maior presença argentina em carteira, no final de junho, aparece um gerido por uma entidade local: o Barclays PPR Life Path Income. O fundo gerido pela Barclays – Wealth and Investment Management tem uma exposição de 0,53%.

Os produtos, registados em Portugal, com maior exposição à Argentina

Produto% da ExposiçãoGestoraData de análise
Parvest Bond Best Sel World Em C C5,373BNP Paribas IP30/06/14
Old Mutual Emerging Mkt Debt A14,587Old Mutual31/07/14
Neuberger Berman EM Dbt Hard Cc I $ Acc3,886Neuberger Berman30/06/14
Threadneedle(Lux) Global EM S/T Bds AEH3,838Threadneedle Investment30/04/14
JB BF Emerging (EUR)-EUR A3,611Julius Baer31/05/14
GlobalAccess Emerg Mkts Debt M$ Inc3,546Barclays30/06/14
GS Gr & Em Mkts Debt Base Inc3,431Goldman Sachs AM30/06/14
Parvest Bond World Emerg C C3,034BNP Paribas IP30/06/14
F&C Emerging Markets Bond A2,511F&C31/01/14
Threadneedle(Lux) Emg Mkt Debt W2,290Threadneedle Investment30/04/14
GS Gr & Em Mkts Corp Bd A USD Inc2,288Goldman Sachs AM30/06/14
Fidelity Emerging Mkt Debt A-Acc-Euro2,120Fidelity30/06/14
Templeton Emerging Mkts Bd A QDis $2,007Franklin Templeton31/05/14
Neuberger Berman Shrt Dur EmMktDbt$I Acc1,974Neuberger Berman30/06/14
Threadneedle Emerg Mkt Bd Retl Net GBP1,760Threadneedle Investment30/06/14
UBS (Lux) EEF Latin Amer Bd $ P Acc1,741UBS Global Asset Management31/05/14
BNY Mellon Emerg Mkts Dbt C USD Acc1,603Mellon Global Management Limited30/06/14
Pictet Global Emerging Debt-P USD1,586Pictet30/06/14
Neuberger Berman EM Dbt Blnd I USD Acc1,537Neuberger Berman30/06/14
AB Emerging Markets Debt A1,441Alliance Bernstein30/06/14
Threadneedle(Lux) Abs EmergMkt Macro AEH1,425Threadneedle Investment30/04/14
GS Gr & Emerg Mkts Debt Local A Acc1,002Goldman Sachs AM30/06/14
AB Global High Yield A USD0,801Alliance Bernstein30/06/14
Pioneer Fds Emg Mkts Crp HY Bd A EUR DA0,667Pionner Investments31/05/14
Jupiter JGF Dynamic Bd I CHF Inc H0,548Jupiter30/06/14
Barclays PPR Life Path Income FIA0,534Barclays30/06/14
Threadneedle (Lux) Emg Mkt Corp Bd DEH0,457Threadneedle Investment30/04/14
Neuberger Berman Glb Bd Abs Ret £ I2 Acc0,445Neuberger Berman30/06/14

Fonte: Morningstar Direct e CMVM.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos