Tags: Obrigações | Ações |

Que fundos poderão vir a ser mais prejudicados com o colapso da Renault?


As suspeitas sobre a Renault reavivaram o temor por novos escândalos sobre as emissões de gases, numa altura em que o que aconteceu no verão passado na Volkswagen não foi esquecido. A opinião pública, na quinta-feira da semana passada, ao perceber-se que os inspectores do governo francês tinham entrada nas fábricas da empresa automóvel para avaliar os programas digitais da medição das emissões dos veículos, provocou uma queda histórica de 20% nas ações da Renault. Embora a construtora e o governo francês tenham negado a existência de fraude, a notícia enervou os investidores num momento de grande sensibilidade dos mercados a qualquer notícia negativa, fazendo com que o vermelho volta-se a ser a cor dominante. Nos últimos dias a cotação da empresa caiu cerca de 14%.

A partir dos dados da Morningstar Direct, identificámos os dez fundos de investimento  com domicílio na Europa com maior exposição ao título francês e ainda a data da sua última atualização.

FundoGestoraData da última atualizaçãoExposição %
Schroder European Alpha Plus FdSchroders30/09/154,78
Schroder European Alpha Income FundSchroders30/09/154,62
SEB Prime Solutions Sissener CanopusSissener AS31/12/154,59
Henderson Horizon EurolandHenderson30/11/154,34
Alken Absolute Return EuropeAlken30/06/154,16
PHCG European Macro PicksPhilippe Hottinguer & Cie Gestion31/12/153,81
Symphonia Azionario EuroSymphonia SGR30/11/153,73
Dorval ManageursDorval AM31/10/153,72
IP European OpportunitiesInvesco AM30/09/153,59
Sparinvest Value EuropaSparinvest30/11/153,45

Fonte: Morningstar

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos