Quatro fundos passam a ter Analyst Rating atribuído pela Morningstar em outubro


Segundo as últimas informações relativas a outubro da empresa de análise Morningstar, são 4 os fundos estrangeiros distribuídos em Portugal que no décimo mês do ano acabaram por receber um novo Morningstar Analyst Rating, que é positivo.

A Morningstar passou a incluir no seu radar de análise qualitativa os fundos Newton International Bd GBP e o BNY Mellon Global Bond A USD, ambos com Analyst Rating de “bronze”. Da empresa referem que os fundos são geridos por Paul Brain, apoiado na gestão por Howard Cunningham e Jon Day. Ambos os produtos investem em obrigações governamentais globais e quase governamentais, sem exposição a crédito corporativo.

Também o Fidelity Asian High Yld A-Acc-Eur passou a ser coberto pela Morningstar, recebendo a "medalha" de bronze. Sobre o produto acrescentam que o gestor do fundo, Bryan Collins, está sediado em Hong Kong e tem mais de 7 anos de experiência no mercado high yield asiático, contando com uma numerosa equipa dedicada ao crédito corporativo da região. A entrar para a lista de fundos com “Analist Rating” esteve também o Schroder ISF Asian Bd Abs Ret A Inc, que recebeu o rating de “neutral”.

“Sob revisão” passaram a estar três fundos de investimento. Um deles é o  Henderson Horizon Eurp Gr R €, cujo gestor Richard Pease “deixou a empresa para se juntar à Crux AM”. Com ele o profissional “vai levar o produto, num processo de transferência do fundo de uma gestora para a outra, que ainda está pendente de aprovação por parte do regulador e acionistas”. “Under review” passaram a estar também o Santander AM European Equity Opps A e o Fidelity Korea A-USD.

Ao nível dos fundos que sofreram um upgraded no mês de outubro, destaca-se o DWS Concept Kaldemorgen LC, que passou de “neutral” a “bronze”, e o Schroder ISF Euro Equity A Acc que evoluiu no mesmo grau de qualificação.

A recuperar o seu Morningstar Analyst Rating estiveram 5 produtos.  Três deles são o PIMCO GIS Euro Bond E Acc, o PIMCO GIS Glbl Real Ret E Acc e o PIMCO GIS Emerg Local Bond E USD Acc, que anteriormente estavam sob revisão e agora passaram à qualificação de “bronze”. A empresa de análise recorda que “a saída de Bill Gross no final de setembro” os fez colocar sob revisão vários fundos que agora recuperaram o seu Analyst Rating. Situação semelhante foi também vivida por dois fundos da Fidelity. O Fidelity European Agressive A-EUR e o Fidelity Iberia A-EUR deixaram ambos de estar “sob revisão”, vendo agora o seu rating qualitativo atribuído ser “neutral”. 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos