Tags: Negócio |

Quais os fundos que captaram mais de 100 milhões em 2015?


Em 2015 o saldo das captações líquidas no mercado português tem sido positivo, na ordem dos 273 milhões de euros, depois de no mês passado a diferença entre subscrições e resgates se cifrar nos 108 milhões de euros, segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP). Para este valor em muito contribuíram três produtos que ultrapassam a fasquia dos 100 milhões de euros de subscrições líquidas, entre o final do ano passado e o último dia de negociação em abril.

O fundo que apresenta o maior volume de captações líquidas no primeiro quadrimestre é o Millennium Prestige Conservador. No período em análise este produto da Millennium Gestão de Activos consegue arrecadar mais de 180 milhões de euros, tendo o seu património no final de abril atingido os 680 milhões de euros. Com este valor, o fundo ficou mais perto de ser o segundo maior produto nacional, sendo que em 2015 o fundo cresceu, entre valorizações e captações, quase 195 milhões de euros, ou seja, uma subida percentual de cerca de 40%.

O segundo produto com o maior saldo entre subscrições e resgates é o Santander Select Defensivo. Gerido pela Santander Asset Management, o fundo consegue ter captações líquidas de 140 milhões de euros nos primeiros quatro meses de 2015. Nesse período o fundo regista um crescimento acima de 140%, sendo que para essa valorização contam, naturalmente, as captações líquidas e ainda a sua valorização no mercado. Dessa forma, no final de abril, o fundo tinha quase 245 milhões de euros em ativos sob gestão.

O outro produto que supera os 100 milhões de euros de captações até à data, no que passou de 2015, é o Caixagest Liquidez. Este fundo da Caixagest  é o maior produto do mercado nacional, com mais de 1.300 milhões de euros em património (dados do final de abril). Em captações líquidas, o seu crescimento supera os 102 milhões de euros.

Movimentos mensais díspares

As captações mensais não foram homógeneas. No fundo com maior volume de captações líquidas (Millennium Prestige Conservador), o melhor mês foi o de fevereiro onde captou mais de 53 milhões de euros.

Já no fundo gerido pela Santander Asset Management, março foi o mês em que o valor de entradas mais se evidenciou, cifrando-se nos 45 milhões de euros.

No maior fundo nacional - o Caixagest Liquidez - gerido pela Caixagest, foi em Abril que se conseguiu obter o maior montante de captações líquidas (mais de 58 milhões de euros).

 

As captações líquidas destes produtos em 2015

Fonte: APFIPP no final de abril
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos