Quais os fundos flexíveis mais rentáveis em 2015?


O ano de 2015 tem sido atrativo para a indústria de gestão de ativos em Portugal, depois da volatilidade que atingiu os mercados na segunda metade do ano passado. Os fundos flexíveis não fugiram à regra e também eles oscilaram em 2014, tendo recuperado nos primeiros meses de 2015. De acordo com os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) existem três produtos com uma rendibilidade superior a 10% nos cinco primeiros meses do ano.

Desse trio de produtos, os dois mais rentáveis são geridos pela Optimize Investment Partners. A entidade ingressou recentemente na APFIPP, pelo que apenas nas últimas semanas os seus produtos aparecem nas lista das Associação. O fundo mais rentável é o Optimize Europa Valor. Entre o final do ano passado e último dia de negociação de maio, o fundo regista uma rendibilidade de 12,89%. No inicio de junho o produto tinha mais de 9 milhões de euros sob gestão. Em abril, a carteira era composta por cerca de três quartos em ações, com as maiores posições a irem para a nacional NOS, e para as financeiras Swiss Re e Munchener Ruck. Já a maior posição do produto pertencia ao iShares Euro Government Bond 1-3y, gerido pela iShares e que foi eleito o Melhor Fundo Estrangeiro de Obrigações Curto Prazo Euro nos últimos Morningstar Awards. De realçar que este fundo da iShares “replica o comportamento do índice Barclays Euro Government Bond 1 a 3 anos”.

O segundo produto mais rentável em 2015 desta categoria também está sob responsabilidade da Optimize Investment Partners. Trata-se do Optimize Investimento Activo, e nos cinco meses em análise atinge ganhos de 11,21%. Com mais de 10 milhões de euros em volume sob gestão, o produto tem como maiores posições a farmacêutica Sanofi, a norte-americana Exxon Mobil e ainda a portuguesa NOS. Tal como no fundo mencionado anteriormente, a maior posição da carteira vai para o ETF - iShares Euro Government Bond 1-3y. As multinacionais Orange, SAP, Novartis, L’Oreal e Heineken fazem igualmente parte do top10 dos maiores investimentos do fundo da Optimize Investment Partners.

O último produto da lista que engloba os produtos flexíveis que superam os 10% em termos de rendibilidade é o NB Plano Dinâmico. O fundo é gerido por Susana Vicente da GNB Gestão de Ativos e no período em análise consegue uma valorização de 10,82%. No final de abril, cerca de 60% da sua carteira era preenchida por Obrigações, com maior incidência para títulos de dívida soberana. Já as ações representavam cerca de 32% da carteira.

No final de abril, nos cinco maiores investimentos em carteira encontramos títulos de dívida governamental de Itália e Portugal, um fundo da casa domiciliado no Luxemburgo - NB Global Bond - e ainda futuros dos índices Euro Stoxx 50 e ainda S&P500.

Restantes fundos abaixo de 7%

A lista das cerca de duas dezenas de produtos continua, embora com os produtos que não conseguem superar os 7% de rendibilidade. Com uma subida de 6,96% figura o NB Plano Crescimento. O fundo é gerido por Marta Martins da GNB Gestão de Ativos e no final de abril tinha quase 5 milhões de euros sob gestão. Nas maiores posições encontramos outros fundos de investimento, nomeadamente o BSF European Opportunities da BlackRock e alguns fundos geridos pela própria casa: o NB Ações Europa, o NB Momentum e ainda o NB Obrigações Europa.

Os fundos flexíveis em 2015

FundoGestoraRendibilidade 2015 (%)
Optimize Europa ValorOptimize Investment Partners12,892
Optimize Investimento ActivoOptimize Investment Partners11,210
NB Plano DinâmicoGNB Gestão de Ativos10,829
NB Plano CrescimentoGNB Gestão de Ativos6,964
Montepio Mercados EmergentesMontepio Gestão de Activos6,082
BPI GlobalBPI Gestão de Activos5,868
Banif IbériaBanif Gestão de Activos5,310
Banif Investimento ModeradoBanif Gestão de Activos5,188
CA FlexívelCA Gest5,101
BBVA Gestão FlexívelBBVA Asset Management4,503
NB Plano PrudenteGNB Gestão de Ativos4,477
Banif Investimento ConservadorBanif Gestão de Activos3,067
BBVA Multiactivo FlexívelBBVA Asset Management2,712
NB Estratégia Ativa IIGNB Gestão de Ativos1,881
NB Estratégia AtivaGNB Gestão de Ativos1,629
Santander GlobalSantander Asset Management1,381
NB BrasilGNB Gestão de Ativos-5,283
BPI BrasilBPI Gestão de Activos-7,654
Fonte: APFIPP no final de maio
Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos