Quais os fundos de obrigações mais rentáveis este ano?


No final do mês passado os 25 fundos de obrigações, disponibilizados pelas gestoras locais, tinham sob gestão mais de 1.852 milhões de euros, segundo os dados publicados pela Morningstar.

A Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) divide os fundos de obrigações consoante o seu ‘core’ de investimento: Taxa Fixa, Taxa Variável, Obrigações Euro e ainda Obrigações Internacionais. Em 2014 é o 'segmento' de Taxa Fixa que tem dominado o mercado de obrigações. De acordo com a Associação, existem doze fundos de obrigações de taxa fixa euro que apresentam, este ano, uma rendibilidade média de 4,30%, enquanto os onze fundos de obrigações taxa variável não ultrapassam os 1,89% em termos de valorização média.

Taxa Fixa no comando

Entre o final do ano passado e o fim do mês de outubro, a rendibilidade média dos fundos de obrigações atingiu os 3%, com os fundos de taxa fixa a liderarem o mercado. De acordo com os dados publicados pela APFIPP, o fundo que tem melhor performance este ano é o Montepio Taxa Fixa, gerido pela Montepio Gestão de Activos.

No período analisado este produto alcança um retorno de 9,17%, tendo fechado o mês de outubro com mais de 9 milhões de euros em património. Em termos da composição da carteira o produto tem, essencialmente, dívida pública de países periféricos como Portugal, Espanha e Itália, além de obrigações do tesouro irlandês.

Com uma subida de 8,93% surge, na segunda posição, o Caixagest Obrigações Longo Prazo. Este produto, gerido pela Caixagest, fechou o mês passado com 30 milhões de euros sob gestão e tem, em carteira, dívida soberana francesa, italiana e espanhola.

A terceira posição do ranking é ocupada pelo BPI Euro Taxa Fixa. Gerido pela BPI Gestão de Activos, o fundo valorizou 8,87% nos primeiros dez meses do ano tendo fechado esse período com 61 milhões de euros em ativos sob gestão. Dívida pública de países como Itália, França ou Alemanha dominam as posições principais da carteira do produto.

Acima de 8% de rendibilidade ainda figura o ES Obrigações Europa. Em 2014, até final de outubro, o fundo da ESAF conseguia uma subida de 8,49%, tendo sob gestão mais de 41 milhões de euros. Tal como nos produtos anteriores, a sua carteira é composta por dívida soberana, desta feita de países como a Itália, França ou Grécia.

Além deste fundo da ESAF e, muito embora a sociedade gestora não seja associada da APFIPP, há no mercado nacional um outro produto que investe em obrigações diversificadas e de taxa fixa que atinge no ano os 8,17% de rendibilidade. É ele o Optimize Europa Obrigações, gerido por Diogo Teixeira, da Optimize Investment Partners.

CA Rendimento, o melhor de taxa variável

Longe da liderança surgem os fundos de taxa variável. Nos primeiros dez meses do ano o CA Rendimento, gerido pela CA Gest, é o produto que apresenta a maior valorização. Segundo a APFIPP a subida situa-se em 3,81%, com a carteira a ser dominada por dívida corporativa de empresas sediadas em Itália, Estados Unidos ou Reino Unido. No final de outubro o seu património ascendia a 279 milhões de euros, sendo o terceiro maior produto de obrigações do mercado.

 

Os quinze fundos de obrigações mais rentáveis em 2014

FundoCategoria APFIPPGestoraRendibilidade 2014 (%)
Montepio Taxa FixaObrigações Taxa Fixa EuroMontepio GA9,17
Caixagest Obrigações Longo PrazoObrigações Taxa Fixa EuroCaixagest8,94
BPI Euro Taxa FixaObrigações Taxa Fixa EuroBPI GA8,876
Esp. Santo Obrigações EuropaObrigações Taxa Fixa EuroESAF8,49
Optimize Europa ObrigaçõesObrigações Taxa Fixa EuroOptimize Investment Partners8,17
BBVA ObrigaçõesObrigações Taxa Fixa EuroBBVA AM5,23
Banif Euro CorporatesObrigações Taxa Fixa EuroBanif GA4,97
BPI Obrigações MundiaisObrigações InternacionalBPI GA4,76
Santander Multi Taxa FixaObrigações Taxa Fixa EuroSantander AM4,24
CA RendimentoObrigações Taxa Indexada EuroCA Gest3,81
Millennium High Yield Bond SelectionObrigações EuroMillennium GA3,05
Caixagest ObrigaçõesObrigações Taxa Indexada EuroCaixagest2,91
Millennium Euro Taxa VariávelObrigações Taxa Indexada EuroMillennium GA2,77
Esp. Santo CapitalizaçãoObrigações Taxa Indexada EuroESAF2,52
Esp. Santo Renda MensalObrigações Taxa Indexada EuroESAF2,48
Fonte: APFIPP a 31 de outubro
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos