Tags: Obrigações | Ações |

Quais os fundos com maior montante de captações líquidas em setembro?


O último mês do terceiro trimestre de 2015 trouxe novamente as captações líquidas dos fundos de investimento em Portugal para terreno negativo. Segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – os resgates sobrepuseram-se às subscrições em cerca de 80 milhões de euros, no mês de setembro.

Apesar do resultado negativo neste indicador, alguns fundos conseguiram destacar-se dos demais ao apresentarem captações líquidas positivas superiores a um milhão de euros. Nestas condições encontramos uma dezenas de fundos em setembro.

O produto nacional com maior montante em captações líquidas no mês passado foi o Caixagest Liquidez. Gerido pela Caixagest, registou um saldo superior a 47 milhões de euros. Trata-se do maior fundo do mercado português com  mais de 1.472 milhões de euros em património. Além de setembro, dos restantes oito meses do ano, o fundo foi aquele que registou mais captações líquidas em três meses – abril, junho e julho. É, também, o fundo que regista maior volume em captações líquidas nos meses já decorridos de 2015, com mais de 270 milhões de euros de entradas líquidas. 

BPI Gestão de Activos vinca posição...

Nos lugares seguintes no que toca aos fundos de investimento com maior volume em captações líquidas surgem alguns 'exemplares' da BPI Gestão de Activos. Foi a entidade que maior saldo entre subscrições e resgates teve em setembro, sendo inclusive o terceiro mês consecutivo em que lidera o ranking por entidades. Desta forma, não é de estranhar que dos seis fundos que mais fluxos de dinheiro registaram em setembro, quatro sejam da BPI Gestão de Activos. Com mais de 20,6 milhões de euros de saldo líquido surge o BPI Reforma Segura PPR, sendo seguido pelo BPI Moderado e pelo BPI Liquidez. O BPI Moderado registou captações líquidas de 16,2 milhões enquanto o BPI Liquidez registou um saldo de 14 milhões de euros. Já com quase 7 milhões de euros figura o BPI Reforma Investimento PPR.

O 'intruso' nesta lista é o CA Monetário. Gerido pela CA Gest o fundo apresenta um saldo entre subscrições e resgates na ordem dos 11,5 milhões de euros.

...e Caixagest marca presença

Além de apresentar o fundo que registou maior entrada de dinheiro em setembro, a Caixagest também coloca mais três produtos entre os dez com maior saldo entre subscrições e resgates. Com quase 5 milhões de euros figura o Caixagest Seleção Global, sendo seguido pelo primeiro fundo de ações da lista: o Caixagest Ações Líderes Globais com mais de 3,2 milhões de euros. Já o Caixa Fundo Monetário é o outro produto da entidade com um saldo positivo de 1,9 milhões de euros, no período

Os fundos que registaram mais de um milhão de euros em captações líquidas

FundoGestoraSubscriçõesResgates Captações líquidas 
Caixagest LiquidezCaixagest 155 844 600 € 108 811 500 € 47 033 100 €
BPI Reforma Segura PPRBPI Gestão de Activos 22 504 600 € 1 884 400 € 20 620 200 €
BPI ModeradoBPI Gestão de Activos 16 682 500 € 435 600 € 16 246 900 €
BPI LiquidezBPI Gestão de Activos 32 942 100 € 18 881 500 € 14 060 600 €
CA MonetárioCA Gest 18 548 000 € 7 028 000 € 11 520 000 €
BPI Reforma Investimento PPRBPI Gestão de Activos 9 486 600 € 2 496 700 € 6 989 900 €
Caixagest Seleção GlobalCaixagest 7 920 500 € 2 999 800 € 4 920 700 €
Caixagest Ações Líderes GlobaisCaixagest 4 590 000 € 1 324 400 € 3 265 600 €
Caixa Fundo Monetário - FIACaixagest 25 686 700 € 23 778 400 € 1 908 300 €
Santander Private ModeradoSantander Asset Management 1 429 500 € 398 600 € 1 030 900 €

Fonte: APFIPP no final de setembro

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos