Quais os fundos com captações líquidas positivas em todos os meses de 2015?


2015 vai ser recordado como o ano em que as captações líquidas no mercado nacional cresceram, depois de dois anos onde os resgates suplantaram as subscrições. Os dados da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – mostram que as captações líquidas nos fundos de investimento nacionais ascenderam a mais de 328 milhões de euros em 2015.

Ao longo de todo o ano passado, foram mais de 200 os fundos que percorreram pelo menos uma parte dos 365 dias, embora no final de dezembro o mercado nacional contabiliza-se cerca de 190 produtos. Dos produtos que percorreram todos os meses do ano passado, apenas oito conseguiram ter captações líquidas positivas ao longo dos doze maiores período do ano.

Esse oito produtos estão sob responsabilidade de três entidades gestoras: A Caixagest, a BPI Gestão de Activos e ainda a Santander Asset Management. Da primeira entidade surgem três fundos: o Caixagest Liquidez, o Caixagest Seleção Global e ainda o Caixagest Acões Líderes Globais.

O Caixagest Liquidez é o maior produto nacional e foi, também, o fundo que registou mais captações líquidas em 2015. O seu património sob gestão no final do ano passado ascendia a 1.591 milhões de euros com as captações líquidas a somarem mais de 390 milhões de euros.

Relativamente ao Caixagest Seleção Global, as suas captações líquidas ascenderam a 156 milhões de euros em 2015 enquanto que no Caixagest Acões Líderes Globais o valor atingido foi de 102 milhões de euros. Neste último produto destaca-se o facto de ser o único fundo de ações presente na lista, tendo liderado todos os meses do ano passado no seu segmento e nesta temática.

BPI Gestão de Activos liderou captações em 2015

Apesar do produto que registou mais entradas líquidas de dinheiro em 2015 não fazer parte da BPI Gestão de Activos, a entidade foi aquela que mais captações líquidas registou no ano passado. Os dados da Associação mostram que a BPI Gestão de Activos registou captações líquidas de 885 milhões de euros. Para este valor em muito contribuíram os fundos PPR da entidade: o BPI Reforma Segura PPR, o BPI Reforma Investimento PPR e ainda o BPI Reforma Acções PPR. O primeiro com captações líquidas  de 226 milhões de euros – o segundo com melhor registo em 2015 - , o segundo com 113 milhões e terceiro com 8,1 milhões de euros.

Multi-Activos é com o Santander Asset Management

Além da Caixagest e da BPI Gestão de Activos, também a Santander Asset Management coloca dois produtos entre os fundos que tiveram sempre captações líquidas positiva ao longo de todos os meses do ano passado. Tratam-se de dois fundos perfilados que foram lançados em 2014 em Portugal: o Santander Private Moderado e ainda o Santander Private Dinâmico. O primeiro com captações líquidas de 43 milhões e o segundo com 6,9 milhões de euros.

Os fundos com captações líquidas positiva em todos os meses de 2015

Fonte: APFIPP

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos