Tags: Negócio |

Quais as gestoras que mais captam em 2015?


Nos doze meses anteriores ao final do mês passado, as captações líquidas do mercado apresentam valores negativos na ordem dos 1.375 milhões de euros, em grande medida devido à onda de resgates verificada no segundo semestre de 2014. 

De acordo com o relatório mensal publicado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP - em 2015 a tendência tem sido a oposta. Nos primeiros quatro meses do ano as captações líquidas atingem valores supeiores a 270 milhões de euros, onde se distinguem três gestoras de fundos mobiliários: a Santander Asset Management, a Caixagest e ainda a CA Gest.

A entidade que apresenta maior volume em captações líquidas nos primeiros quatro meses do ano é a Santander Asset Management. Nesse período consegue ter um saldo positivo na ordem dos 273 milhões de euros, sendo que para esse valor em muito contribui o fundo Santander Select Defensivo. Este fundo, em 2015, tem mais de 140 milhões de euro em captações líquidas, sendo um dos três produtos que ultrapassa os 100 milhões.

A Caixagest, em 2015, regista subscrições líquidas de 123 milhões de euros sendo, sendo a segunda entidade a marcar presença neste ranking. Tal como na Santander AM, também na Caixagest existe um fundo que se evidencia neste âmbito. Trata-se do Caixagest Liquidez que em 2015 consegue ter um saldo entre subscrições e resgates de 102 milhões de euros.

A outra entidade que ultrapassa os 100 milhões de euros é a CA Gest. Entre o final do ano passado e o último dia de abril, a gestora consegue acumular entradas de cerca de 104 milhões de euros, sendo o CA Rendimento o fundo mais popular. Este produto já superou os 88 milhões de euros de entradas, em 2015.

Além destas três sociedades gestoras, que superam os 100 milhões de euros em captações líquidas, existe ainda uma outra que se destaca em 2015. É ela a Millennium Gestão de Activos. A entidade que viu o seu processo de venda recém concluído para o Grupo CIMD, consegue acumular um valor de quase 95 milhões de euros este ano. O fundo que mais contribui para este resultado é o Millennium Prestige Conservador que conseguiu, no período, captações de 180 milhões de euros.

As entidades com saldo positivo em 2015

(para aumentar)

Fonte: APFIPP no final de abril
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos