Tags: Alternativos |

Quais as gestoras imobiliárias que cresceram em 2015?


2015 fechou, no segmento imobiliário, com um valor líquido sob gestão de 9.466 milhões de euros de acordo com os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP. Realce-se que os associados na APFIPP – 32 entidades e mais de 200 produtos - representavam cerca de 87% do mercado nacional. O valor em carteira no final do ano passado era inferior em 8% face ao registado no último dia de 2014.

Das entidades que estão associadas na Associação, apenas uma dúzia conseguiu contornar a tendência de queda no segmento imobiliário. Dessas, aquela que mais cresceu, em termos monetários, foi a BPI Gestão de Activos. O ano passado trouxe à entidade um incremento superior a 166 milhões de euros, o que corresponde a uma subida percentual de praticamente 94%. Com este aumento, a entidade tinha no final do ano um valor líquido sob gestão de 344 milhões de euros divididos em dois produtos, com o maior fundo da entidade a ser o Imofomento que tinha um valor em carteira superior a 319 milhões de euros, seguido do Josiba Florestal com quase 25 milhões de euros.

Com um crescimento, em termos monetários, superior a cem milhões de euros ainda surge mais uma entidade. Trata-se da GEF que aumentou o seu valor líquidos sob gestão em 141 milhões para 266,6 milhões de euros. O maior aumento percentual do segmento também foi registado nesta entidade, com uma subida de 113%. A entidade gere sete produtos com o maior a ser o Fundo Amoreiras, que no final de 2015 tinha um valor em carteira superior a 210 milhões de euros.

Destaque, também, para o aumento superior a 50 milhões de euros que foi registado na Square Asset Management. Esse crescimento elevou o valor líquido sob gestão para os 847 milhões de euros. Sob responsabilidade da sociedade gestora está o fundo CA Património Crescente que no final do ano tinha um valor em carteira superior a 307 milhões de euros, sendo o quinto maior do mercado  nacional. Este fundo também se tem destacado nos prémios MSCI European Property Investment, já que foi galardoado recentemente pelo quinto ano consecutivo.

Quem teve variações positivas no valor líquido sob gestão em 2015

ordem alfabética

GestoraDezembro 2014Dezembro 2015Var %Var €
Atlantic 73 770 900 € 93 027 700 €26,10%19 256 800 €
BPI Gestão de Activos 177 516 500 € 344 368 000 €93,99%166 851 500 €
Floresta Atlântica 37 600 400 € 37 675 300 €0,20%74 900 €
Fundiestamo 187 222 600 € 200 439 400 €7,06%13 216 800 €
Gef 124 923 400 € 266 613 800 €113,42%141 690 400 €
Imopolis 36 312 600 € 42 475 900 €16,97%6 163 300 €
Libertas 25 464 400 € 35 370 000 €38,90%9 905 600 €
Orey Financial 11 484 400 € 12 361 800 €7,64%877 400 €
Patris Gestão de Activos 3 736 100 € 3 743 200 €0,19%7 100 €
Refundos 76 250 700 € 77 943 700 €2,22%1 693 000 €
Square Asset Management 796 650 100 € 847 678 100 €6,41%51 028 000 €
TF Turismo fundos 117 939 400 € 122 263 300 €3,67%4 323 900 €

 

Fonte: APFIPP no final do ano passado
 

Upload
Empresas

Próximos eventos