Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 volta a recuperar com “ajuda” da PT


Depois da queda de ontem, a Bolsa de Lisboa voltou a fechar no verde com o PSI 20 a valorizar 0,53% para os 5.761,170. Nas restantes congéneres europeias apenas Frankfurt fechou a desvalorizar, caindo 0,65%. Madrid fechou a crescer 0,93%, enaquanto Paris subiu 0,32%.

Na NYSE Euronext Lisboa, foram 8 as empresas que subiram as suas cotações, 11 caíram, 1 manteve o mesmo resultado de ontem.

No sector da banca o Banif registou a maior queda do dia, desvalorizando 3,85% para os 0,050. A outra empresa bancária a cair foi o BCP que desvalorizou 1,04% para os 0,095. A subir esteve o BES que valorizou 1,11% para 0,732 euros. Já o BPI subiu 0,39% para os 1,021 euros.

No sector da energia, a REN saiu a valorizar, subindo 1,17% para os 2,247 euros, enquanto a EDP subiu 1,38% para os 2,565 euros.  A cair estiveram a Galp  (-0,46% para os 12,020) e a EDP Renováveis, que desvalorizou 0,05% para os 3,768 euros.

O sector das telecomunicações foi dos que mais animou a bolsa. A PT encerrou a sessão a protagonizar a maior valorização do dia, subindo 4,21% para os 2,790 euros. A Zon Multimédia também encerrou no verde valorizando 2,72% para os 4,150 euros. A Sonaecom, no entanto, encerrou no vermelho caindo 0,11% para os 1,788 euros.

As retalhistas, encerraram o dia com posições distintas. A Jerónimo Martins encerrou a cair 0,71% para os 15,985 euros, enquanto a Sonae SGPS valorizou 0,89% para os 0,794 euros. A construtora Mota-Engil encerrou a cair 3,55% para os 2,691 euros.

 

O Mais Lido

Próximos eventos