Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 volta a fechar no vermelho


O fecho de sessão não favoreceu nenhuma das principais praças europeias no dia de hoje. A maior queda pertenceu a Frankfurt, que caiu 0,73%, Madrid desceu 0,56% e Paris 0,51%. O índice português por seu lado, caiu 0,17% para os 6.051,170 pontos.

Na bolsa de lisboa foram 11 as empresas cotadas a caírem e 9 as que valorizaram.

O sector das comunicações foi o que mais impulsionou os maus resultados de hoje, já que todas as empresas encerraram no vermelho. A Zon Multimédia encerrou a cair 1,06% para os 4,472 euros, enquanto a PT desvalorizou 1,81% para os 2,877 euros. Já a Sonaecom caiu 0,45% para os 1,762 euros.

Com um desempenho mais positivo a banca apenas teve uma empresa cotada a perder: o BPI fechou a cair 1,15% para os 1,034 euros. A maior valorização do dia pertenceu ao Banif que subiu 9,09% para os 0,012 euros. O BCP, por seu lado, cresceu 0,94% para os 0,108 euros. Já o BES valorizou 0,56% para os 0,897 euros.

Na energia, destaque para a Galp Energia que também contribuiu para os maus resultados, já que a empresa caiu 0,71% para os 12,630. No vermelho ficou também a REN que desvalorizou 0,50% para os 2,190 euros. Com bom desempenho a EDP e a EDP renováveis valorizaram 0,15% para os 2,717 euros, e 1,85% para os 3.916 euros, respectivamente.

As retalhistas fecharam em direcções opostas: a Sonae SGPS protagonizou o maior rombo do dia desvalorizando 2,94% para os 0,858 euros, enquanto o Jerónimo Martins subiu 0,26% para os 15,600 euros. Mal posicionada ficou também a Mota-Engil que caiu 2,18% para os 2,736 euros.

O Mais Lido

Próximos eventos