Tags: Obrigações | Ações |

PSI-20 sobe mais de 1%


A primeira sessão do ano da bolsa lisboeta trouxe ganhos de 0,96%, com a bolsa a fechar nos 6.622,12 pontos. Entre as congéneres europeias, a bolsa portuguesa foi a única a valorizar, com Madrid a cair 1,58%, Paris 1,6% e Frankfurt 1,59%.

Para Rui Bárbara, do Banco Carregosa, "os catalisadores para este movimento não são evidentes, mas é verossímil supor que exista um componente razoável de profit taking, após as elevadas performances do ano de 2013, combinado com dados da produção industrial acima das expectativas (tanto nos EUA como na zona Euro) que eventualmente podem suscitar receios em relação a subidas nas taxas de juro".

Banca acelera

Nos títulos da banca o grande destaque vai para o BCP que viu a sua cotação crescer quase 7%, para cotar nos 0,178 euros. Já o banco liderado por Fernando Ulrich valorizou 3,13% para os 1,254 euros enquanto o BES acelerou 0,77% para fechar o primeiro dia de negociação de 2014 nos 1,047 euros.

Pesos pesados caem

Das 20 cotadas, apenas cinco fecharam o dia no vermelho. Das cinco empresas que cairam, quatro são os pesos pesados do índice. A Galp Energia liderou as quedas ao cair 1,3% para os 11,76 euros. Já a dona do Pingo Doce, Jerónimo Martins, viu a sua cotação resvalar 1,09% para os 14,06 euros. E EDP caiu 1,01% enquanto a Portugal Telecom deslizou 1,04%, para os 2,64 euros e 3,12 euros, respetivamente.

Profissionais

Próximos eventos