Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe em dia indefinido na Europa


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, Londres e Paris encerraram em alta de 0,21% e 1,35%, respectivamente, enquanto Madrid recuou 1,18% e Frankfurt perdeu 0,24%, no primeiro dia de reunião do Eurogrupo e com a Nordisk em forte queda após falhar a aprovação nos Estados Unidos para um novo medicamento.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,44% para 6.159,78 pontos, com 12 títulos positivos e oito negativos.

Entre a acções que mais contribuíram para o fecho positivo estiveram a Jerónimo Martins, que avançou 0,78% para 15,60 euros, e a Galp Energia, que progrediu 1,11% para 11,83 euros no dia em que apresentou resultados anuais.

Ainda no sector energético, a EDP Renováveis encerrou em alta de 1,90% para 3,97 euros, enquanto a EDP e a REN desvalorizaram 0,42% e 0,04%, respectivamente, para 2,40 euros e 2,32 euros.

Entre os títulos da área de tecnologia e telecomunicações, a Portugal Telecom viveu uma sessão negativa, após o corte de ‘rating’ pela S&P de ‘BB+’ para ‘BB’, e terminou a perder 1,25% para 4,12 euros, travando uma subida mais acentuada do PSI 20. Já a Sonaecom e a Zon Multimédia fecharam com ganhos de 0,34% e 2,80%, respectivamente, para 1,49 euros e 3,38 euros.

No sector financeiro, o BPI progrediu 0,08% para 1,28 euros, o BES somou 1,10% para 1,01 euros, o BCP avançou 2,88% para 0,11 euros, tendo o Banif caído 0,74% para 0,13 euros e o ESFG deslizado 0,54% para 5,19 euros.

O Mais Lido

Próximos eventos