Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 no verde em início de semana


O  índice português encerrou a crescer 0,17%  para os 6. 361,130 pontos em linha com as restantes congéneres europeias. Madrid  fechou subir 0,12%, Paris 0,55% e Frankfurt 0,88%.

Ricardo Almeida, da Patris Gestão de Ativos, refere que as “subidas da Mota Engil e dos nomes da área das telecomunicações conseguiram compensar as quedas da banca, fechando o PSI20 com uma variação marginalmente positiva na sessão de hoje. Início de semana relativamente tranquilo na generalidade das restantes bolsas europeias, com subidas moderadas”.

Na NYSE Euronext Lisboa foram 10 as empresas cotadas a subirem e 10 cair.

A banca foi o sector que mais contribuiu para que o PSI 20 não valorizasse mais. A maior queda do dia foi protagonizada pelo Banif que caiu 2,63% para os 0,007 euros, seguido do BES que caiu 2,50% para os 0,975 euros. O BPI encerrou a cair 1,11%, enquanto o BCP recuou 0,52%.

A energia teve um final de sessão misto, com a EDP a valorizar 0,57% para os 2,799 euros, enquanto a EDP renováveis não foi além de uma queda de  0,97% para os 3,986 euros. A REN conseguiu valorizar 0,18% e a Galp Energia 0,29% para os 12,055 euros.

As telecomunicações, por seu lado, tiveram um final de sessão mais positivo. Com  a Zon Optimus a crescer 2,00% para os 5,300 euros e a Sonaecom 1,53% para os 2,515 euros. A PT, por seu lado, conseguiu crescer 2,29% para os 3,222 euros.

As retalhistas fecharam com resultados distintos. A Jerónimo Martins conseguiu crescer 0,81% para os 14,900 euros, enquanto a Sonae SGPS desvalorizou 0,64% para os 1,093 euros.

Neste final de sessão destaque ainda para o melhor desempenho protagonizado pela Cofina, que valorizou 5,16%, e para a Mota-engil que cresceu 4,70%.

O especialista da Patriz relembrou que hoje a “Liquidez foi expectavelmente menor, reflexo do feriado de Thanksgiving a acontecer na parte final da semana nos Estados Unidos”.

Profissionais
Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos