Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 inicia semana a valorizar


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as quedas oscilaram entre 0,13% de Frankfurt e 0,48% de Madrid, em dia feriado em Londres, o que “afectou de forma negativa a liquidez das restantes bolas europeias”, salienta Ricardo Almeida, da Patris Gestão de Activos. A divulgação de dados relativos ao mês de Abril do PMI da Zona Euro para a industria e para o sector dos serviços “revelou uma contracção ligeiramente menor que o esperado”, enquanto nos Estados Unidos “confirma-se uma rotação sectorial progressiva de sectores não cíclicos para o sector tecnológico e para algumas áreas do sector industrial impulsionando o S&P500 para níveis próximos de um novo máximo histórico”, referiu ainda.

Na NSYE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,74% para 6.299,71 pontos, com 13 títulos positivos, cinco negativos e dois inalterados, a Cofina e o BCP, que fecharam a cotar a 0,495 euros e a 0,117 euros, respectivamente.

Ainda no sector bancário, e no dia em que o BCP apresentou resultados trimestrais após o fecho do mercado, o BPI caiu 0,18% para 1,12 euros, o Banif desceu 1,68% para 0,117 euros, enquanto o BES fechou em alta de 2,04% para 0,9 euros.

O dia foi positivo para o sector das telecomunicações, com a Sonaecom a somar 0,06% para 1,795 euros, a Zon Multimédia a progredir 0,23% para 3,42 euros e a Portugal Telecom a dar um dos maiores contributos para a subida do índice, ao avançar 1,55% para 3,93 euros.

O mesmo aconteceu com a Jerónimo Martins, que encerrou a sessão a valorizar 0,84% para 18 euros.

Para as energéticas, o dia foi também de ganhos, com EDP e EDP Renováveis a progredirem 0,35% e 0,42%, respectivamente, para 2,616 euros e 4,037 euros, respectivamente, tendo a Galp Energia fechado a subir 0,77% para 12,39 euros e  a REN em alta de 0,39% para 2,324 euros.

Próximos eventos