Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 inicia semana a perder


O índice português nesta segunda-feira começou no vermelho, a cair 0,34% para os 5.757,190 pontos. Nas restantes congéneres europeias, o cenário também não foi melhor. Apenas a praça parisiense encerrou a subir 0,11%. Madrid e Frankfurt caíram  0,05% e 0,1%, respectivamente.

Na NYSE Euronext Lisbon, foram 11 as empresas cotadas e cair, 6 a subir e 3 a manterem os mesmos resultados do último final de sessão.

Ricardo Almeida, da Patris Gestão de Activos refere que " a sessão foi típica de mês de Agosto, com pouca liquidez, ausência de dados económicos de relevância e mercados pouco voláteis. Na Europa, a área das matérias-primas esteve um pouco melhor que o resto do mercado. O sector da Banca esteve pressionado pela queda superior a 4% do HSBC. Índices de referência dos Estados Unidos praticamente inalterados. Jerónimo Martins voltou às quedas".

O mau desempenho do PSI 20 ficou muito a dever-se precisamente ao mau final de sessão do sector bancário. O BES apresentou a maior queda de hoje, desvalorizando 1,62% para os 0,729 euros. O BCP por seu lado, caiu 1,04% para os 0,095 euros. Com uma queda menor, o BPI desvalorizou 0,81% para os 0,986 euros. O Banif, por seu lado, encerrou a sessão com os mesmos resultados da sessão passada.

A energia foi um dos sectores mais positvos neste final de sessão. Apenas a  REN encerrou a desvalorizar 0,86% para os 2,181 euros. A Galp protagonizou a maior subida do dia, valorizando 0,60% para os 12,515 euros. Já  a EDP renováveis subiu 0,10% para os 3,883 euros. Uma das empresas que também manteve os mesmos resultados da sessão anterior foi a EDP.

No sector das telecomunicações, a Zon Multimédia encerrou com as mesmas cotações, enquanto a concorrente Sonaecom encerrou no vermelho, caindo 0,28% para os 1,773 euros. Também a cair a PT desvalorizou 0,03% para os 2,923 euros.

Um dos grandes contributos para o desempenho do PSI 20 foi também o mau resultado da Jerónimo Martins. Hoje a empresa de Soares dos Santos encerrou a cair 1,39% para os 14,565 euros. A concorrente Sonae SGPS, na mesma tendência, caiu 0,28% para os 1,773 euros. A crescer, encerrou a construtora Mota-Engil, que valorizou 0,07% para os 2,719 euros.

O Mais Lido

Próximos eventos