Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 fecha a valorizar pela terceira vez consecutiva


O PSI 20 cresceu 1,82% para os 5.966,69 pontos, tendo sido entre as congéneres europeias o índice que mais cresceu.  Madrid subiu 1,82%, enquanto a subida de Paris foi de 0,26%. Já a valorização de Frankfurt foi mais modesta (0,14%).

Jorge Guimarães, do Banif Gestão de Activos sublinha que "na semana o PSI20 subiu 3.28%, acompanhando o momento positivo da maioria dos mercados accionistas europeus (nomeadamente os da Europa periférica) nas últimas semanas".

Na NYSE Euronext Lisbon, o as empresas cotadas tiveram um dos melhores desempenhos dos últimos tempos, já que apenas a Sonaecom fechou a desvalorizar e o Banif manteve os valores inalterados.

Positivamente Jorge Guimarães destaca "as empresas mais expostas à economia doméstica, como BES, Sonae SGPS e Portugal Telecom, beneficiando das expectativas de uma melhoria da situação económica em Portugal nos próximos meses" e em contrapartida "empresas mais defensivas como a REN, e a EDP Renováveis, registaram desvalorizações, ainda que ligeiras. Também empresas cíclicas, mas com forte exposição global, como a Altri, registaram desempenhos abaixo do mercado, embora neste caso isso possa ser atribuído à incerteza sobre as perspectivas dos preços da pasta de papel".

No sector bancário as valorizações das empresas foram muito semelhantes. O BES subiu 1,26% para os 0,805 euros, enquanto o BCP fechou a valorizar 1,01% para os 0,100 euros. O banco de Fernando Ulrich, por seu lado, teve ganhos de 1,10% para os 1,010 euros. O Banif manteve os mesmos valores da sessão passada.

Na energia, a maior subida pertenceu à EDP Renováveis, que valorizou 1,24% para os 3,852 euros. Já a EDP subiu 0,11% para os 2,703 euros. A Galp energia também em alta valorizou 0,80% para os   12,620 euros, enquanto a REN a crescer um pouco menos subiu 0,60% para os 2,180 euros.

Nas telecomunicações, destaque para o desempenho da PT, que subiu 4,47% para os 3,105 euros. Mais modesta, a Zon Multimédia encerrou a valorizar 1,29% para os 4,461 euros. O final de sessão não correu tão bem à Sonaecom que acabou por fechar no vermelho desvalorizando 0,33% para os 1,793 euros.

As retalhistas protagonizaram das maiores subidas da sessão de hoje. A empresa de Belmiro de Azevedo alcançou a  maior subida do dia de 5,65% para os 0,860 euros. Já a concorrente Jerónimo Martins valorizou 4,38% para os 15,385 euros. A construtora Mota-Engil, por seu lado, subiu 0,18% para os 2,740 euros. Neste final de sessão destaque também para a Cofina que valorizou 2% para os 0,458 euros.

Profissionais
Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos