Tags: Obrigações | Ações |

PSI-20 fecha a subir mais de 1,5%


O índice de referência nacional, PSI-20, fechou a primeira sessão de setembro a valorizar 1,66%, com 15 títulos positivos, quatro no vermelho e um inalterado.

O grande destaque no sector bancário vai para o BES que brilhou na praça lisboeta, fechando a valorizar praticamente 4% para os 82,5 cêntimos.  Já o BCP viu a sua cotação subir 3,13% para os 0,099 euros, sendo esta subida justificada pela aprovação por parte da Comissão Europeia para o plano de restruturação do banco. Já o banco liderado por Fernando Ulrich fechou a sessão a cotar nos 0,936 euros, tendo valorizado 1,08%.

A suportar os ganhos do PSI-20, tiveram os pesos pesados que mais influenciam a praça lisboeta. A dona do Pingo Doce, Jerónimo Martins, fechou a sessão de hoje a crescer 1,7% para os 14,94 euros. Muito perto teve a Galp Energia que valorizou 1,69% fechando o dia nos 12,95 euros. Já a EDP teve um crescimento mais modesto (0,9%) para os 2,68 euros. Nas comunicações, PT e Zon subiram 1,61% e 1,13%, respetivamente.

Europa a todo o gás

Também na Europa o dia foi marcado por fortes valorizações, com o índice germânico a valorizar 1,74%, o francês a crescer 1,84% enquanto que o espanhol se aproximou do português, e fechou a valorizar 1,68%. Já o feriado (Labor Day) nos Estados Unidos condicionou a “liquidez na sessão de hoje na Europa. As fortes subidas em toda a Europa foram potenciadas pela divulgação de diversos PMI’s referentes ao mês de Agosto e que confirmam (com a ressalva da França) uma estabilização consistente do sector industrial”, afirma Ricardo Almeida da Patris gestão de ativos.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos