Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 encerra a valorizar 0,72%


O índice português fechou o final de sessão desta quinta-feira a crescer 0,72% para os 6.446,430 pontos. Também positivas estiveram as restantes congéneres europeias que também terminaram a sessão no verde. Madrid valorizou 2,34%, Paris 1,64% e Frankfurt 1,68%.

Na NYSE Euronext Lisboa foram 9 as empresas cotadas a devalorizar, enquanto 10 encerraram no verde. A Sonae Indústria manteve os seus valores inalterados.

Esta foi uma das sessões mais fortes nos mercados acionistas europeus dos últimos meses, em linha com o que se tinha passado na véspera nos EUA.

Rui Bárbara, do Banco Carregosa, “esta foi uma das sessões mais fortes nos mercados acionistas europeus dos últimos meses, em linha com o que se tinha passado na véspera nos EUA.", refere, acrescentando que "após várias ameaças, vários rumores e especulações, vai ter início, já em janeiro de 2014, a redução do programa de recompra de ativos por parte do FED. Para já, a recompra de ativos baixa de 85 mil milhões de dólares por mês para 75 mil milhões de dólares por mês, até nova decisão. O que era há muito temido acabou por se revelar bastante mais suave  do que o esperado. Adicionadas as promessas de manutenção de taxas baixas por um período longo acabou pro ser bem recebido pelos investidores que “voltaram à sua vida normal”.  Foi essencialmente isto, uma redução progressiva e suave que deu margem para termos sessões positivas nesta quinta-feira.”

A banca foi hoje o sector mais positivo e aonde as valorizações foram mais altas. O BPI cresceu 2,93% para os 1,194 euros, enquanto a o BCP avançou 2,65% para os 0,155 euros. O BES encerrou a crescer 1,63% para os 0,995 euros, enquanto o Banif valorizou 2,15% para os 0,010 euros.

Na energia, o final de sessão foi misto, com a EDP a conseguir crescer 0,31% para os 2,630 euros, enquanto a EDP Renováveis subiu 3,19% para os 3,880 euros.  A Galp caiu 0,13% para os 11,760 euros, enquanto a REN desvalorizou 0,05% para os 2,223 euros.

Nas telecomunicações a Zon Optimus caiu 1,43% para os 5,318 euros, enquanto a Sonaecom recuou 0,89% para os 2,557 euros. A PT, por seu lado, conseguiu valorizar 1,31%.

Nas retalhistas, a Jerónimo Martions recuou 0,04%, enquanto a Sonae SGPS valorizou 0,39%. 

Profissionais

Próximos eventos